Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/25444
Type: Artigo de periódico
Title: Aleitamento materno em crianças até os seis meses de vida: percepção das mães
Title Alternative: Breastfeeding among children until six months of age: women's perception
Author: Carrascoza, Karina Camillo
Possobon, Rosana de Fátima
Costa-Júnior, Áderson Luis
Moraes, Antônio Bento Alves de
Abstract: The aim of the study was to characterize and to analyse mothers' perception of the breastfeeding practice among women who breastfed their children until six months of age. A quantitative-qualitative study was conducted. Data were collected through semi-structured interviews and consultation to records of 101 mothers assisted by interdisciplinary program on breastfeeding promotion. The comprehensive analysis of the speeches was based on the Content Analysis and the Social Representation Theory was used as methodological reference. The breastfeeding experience representations were grouped in five categories such as: (1) Fulfillment/Satisfaction, (2) Attachment, (3) Growth/Health, (4) Fear of weaning, (5) Patience. The mothers reported more frequently situations related to their fulfillment and personal satisfaction. It is suggested that the mothers' perceptions about the breastfeeding practice was not focused on the child. The study may provide a better understanding of the breastfeeding phenomenon on the women-mother-nurturer perception, enabling efficient reformulation of breastfeeding promotion activities.
Este trabalho tem como objetivo caracterizar e analisar a percepção de mães, que amamentaram seus filhos até que estes completassem seis meses de vida, em relação à prática do aleitamento materno. Foi realizado estudo quantitativo-qualitativo. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevista semiestruturada e consulta aos prontuários clínicos de 101 mães participantes de um programa de incentivo ao aleitamento. A análise compreensiva dos discursos foi efetuada com base na técnica de análise de conteúdo, e como referencial metodológico utilizou-se a teoria das representações sociais. A experiência de amamentação demonstrou-se por meio de diversas facetas, agrupadas em cinco categorias: (1) Realização/Satisfação, (2) Apego, (3) Crescimento/Saúde, (4) Medo do desmame e (5) Paciência. As mães se referiram com maior frequência a situações relacionadas à sua realização e satisfação pessoal. Sendo assim, pode-se dizer que a experiência de amamentação, aos olhos das mães deste estudo, não se mostrou focada na criança. O trabalho pode fornecer subsídios para a compreensão do fenômeno da amamentação sob a percepção da mulher-mãe-nutriz, possibilitando a reformulação de atividades de incentivo ao aleitamento.
Subject: aleitamento materno
relações mãe-filho
pesquisa qualitativa
promoção da saúde
breastfeeding
mother-child relations
qualitative research
health promotion
Editor: IMS-UERJ
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S0103-73312011000300015
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-73312011000300015
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-73312011000300015
Date Issue: 1-Jan-2011
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S0103-73312011000300015.pdf840.59 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.