Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/254167
Type: TESE
Title: Educação não-formal e religiosidade : outro front para o debate da laicidade do Estado
Title Alternative: Non-Formal Education and Religiousness : another front for the discussion of secular State
Author: Souza, Denis Alves de, 1979-
Advisor: Krawczyk, Nora Rut, 1958-
Abstract: Resumo: O objetivo da pesquisa é analisar a participação das instituições religiosas nos serviços sociais (educação não formal) conveniados com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento de São Paulo (SMADS), com vistas a identificar a presença ou não da prática de proselitismo religioso e mecanismos de controle por parte do poder público. Assim, a pesquisa pretende contribuir para a ampliação do debate em torno da laicidade da educação através da modalidade de educação não formal. Para isto, tivemos, como objeto de análise, dois projetos educativos destinados ao atendimento de crianças e adolescentes. Estes projetos são oferecidos à sociedade paulistana por instituições religiosas (católica e evangélica) e são financiadas pelo poder público, através da rede de serviços sociais da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo (SMADS). A constatação de proselitismo religioso nos projetos analisados mostrou que as instituições religiosas de maior representatividade no país possuem, além da escola pública, outra via estratégica para a disseminação de suas crenças: o serviço social público. Deste modo, procuramos estabelecer o nexo causal da predominância religiosa na composição do terceiro setor, no programa da SMADS, e na própria história do serviço social brasileiro, evidenciando uma antiga e atual dependência estatal em relação à Igreja Católica para o atendimento de demandas sociais. Finalmente, nos ocupamos em identificar os modos de intervenção religiosa na esfera pública, como impasses colocados ao estabelecimento de uma educação laica, tais como: a naturalização da receptividade dos valores morais cristãos pela sociedade, e a representatividade e o modo de fazer política no parlamento pelos evangélicos

Abstract: The objective of this research is to analyze the participation of religious institutions in social services (non-formal education) in agreement with SMADS. In addition, it aims to identify the presence of practicing religious proselytism and control mechanisms by the government. These projects are offered to the city of Sao Paulo by religious institutions (Catholic and Evangelical), and are financed by the government through the network of social services of the Municipal Social Welfare and Development of São Paulo (SMADS). This study shows that the proselytism of the greater religious institutions is not only present in the public schools; it has another strategic route for spreading religious beliefs: the public social service. Thus, we sought to establish the causal relation of religious dominance in the composition of the third sector, in the SMADS program, and in the history of Brazilian social service. We evidence an old and current state dependence on the Catholic Church for attending social demands. Finally, we are concerned with identifying the modalities of religious intervention in the public sphere. In this frame, we confront other dilemmas posed to the establishment of a secular school, such as the naturalization of receptivity of Christian moral values by society, as well as the manner of representing and carrying out politics in parliament by evangelicals
Subject: Educação - Aspectos religiosos
Educação e Estado
Educação não-formal
Leigos (Religião)
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_DenisAlvesde_M.pdf1.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.