Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/254110
Type: TESE
Title: O livro didático de química como discurso curricular : recontextualizações no campo das políticas educacionais
Title Alternative: The chemistry textbook as curriculum speech : recontextualizations in the field of education policy
Author: Oliveira, Ana Carolina Garcia de
Advisor: Petrucci-Rosa, Maria Inês, 1962-
Rosa, Maria Inês de Freitas Petrucci dos Santos, 1962-
Abstract: Resumo: Nessa pesquisa, procuro compreender tensões inerentes às políticas públicas voltadas para o livro didático de Química, realizadas no contexto do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), sob responsabilidade do Ministério da Educação. Inspirada pelo ciclo de políticas proposto por Stephen Ball, tenho como objetivo principal investigar os processos de elaboração e avaliação do livro didático realizados no PNLD e a influência da comunidade acadêmica de Ensino de Química nesse processo. Compreendendo as políticas curriculares como redes discursivas que se estabelecem em contextos marcados por permeabilidades, o quadro empírico da pesquisa se constituiu a partir de dois campos: 1. As entrevistas colhidas como narrativas de avaliadores participantes do processo e autores de livros didáticos e, 2. A análise de um conjunto de artigos publicados em periódicos e eventos de Ensino de Química/Ciências e suas possíveis influências nas obras didáticas no período compreendido entre o PNLEM 2007 e o PNLD 2012. A partir das entrevistas, mônadas (BENJAMIN, 1994) foram elaboradas, potencializando diálogos entre a avaliação do livro didático de Química e a influência da comunidade acadêmica neste processo. A partir da análise das mônadas, foi possível perceber elementos de tensão na fala dos professores avaliadores e autores, entre eles destaco a alusão ao conhecimento químico escolar e ao conhecimento químico de referência, sendo que este último pode ser considerado como tentativa de legitimar o posicionamento dos avaliadores e autores dos livros. Além da comunidade acadêmica, outras instâncias produziram efeitos deixando marcas no processo de elaboração e avaliação do livro didático, como Ministério da Educação, grupos editoriais e escolas. Dessa forma, o livro didático pode ser considerado como um híbrido resultante dos discursos recontextualizados advindos desses e de outros contextos. Sendo assim, a autoria das políticas passa a ser plural, diversos sujeitos e instâncias delas participam e a constroem

Abstract: In this research, I seek to understand inherent tensions in public political applied to Chemistry textbook, conducted in the context of the National Textbook Program (PNLD), under the Ministry of Education. Inspired by the political cycle proposed by Stephen Ball, I have as main objective to investigate the processes of elaboration and evaluation of textbooks performed in PNLD and the influence of academic community of Chemistry Teaching in that process. Understanding curriculum policy as discursive networks that are established in contexts marked by permeabilities, the empirical framework of the research consisted from two fields: 1. The interviews collected as narratives of evaluators that participated in the process and authors of textbooks and, 2. The analysis of a series of papers published in journals and conferences of Chemistry/Science Teaching and its possible influences in the textbooks in the period between PNLEM 2007 and PNLD 2012. From the interviews, monads (Benjamin, 1994) were developed, enhancing dialogue between the evaluation of Chemistry textbook and the influence of the academic community in this process. From the analysis of monads, it was possible to see elements of tension in the speech of evaluators teachers and authors, among them is highlighted the allusion to the school chemical knowledge and to reference chemical knowledge, being the latter considered as an attempt to legitimize the position of evaluators and authors of the books. Apart from the academic community, other institutions produced effects leaving marks in the drafting and revision of the textbook, such as the Ministry of Education, editorial groups and schools. Thus, the textbook can be considered as a hybrid resulting from recontextualized discourses arising from these and other contexts. Thereby, authorship policies becomes plural, many subjects and instances participate and build it
Subject: Currículos
Politicas
Química
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_AnaCarolinaGarciade_D.pdf1.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.