Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/254067
Type: TESE DIGITAL
Title: A importância das atividades complementares na formação do aluno da graduação
Title Alternative: The importance of complementary activities to undergraduates' education
Author: Abrão, Mariangela, 1965-
Advisor: Pereira, Elisabete Monteiro de Aguiar, 1949-
Abstract: Resumo: Este trabalho está inserido na linha de pesquisa "Currículo, Avaliação e Docência" e propõe contribuir para a discussão de perspectivas para a formação do "profissional-cidadão" nos cursos de graduação, por meio das Atividades Complementares, como um dos mecanismos dinamizadores da flexibilização curricular. A formação universitária é tida como um processo amplo que busca o desenvolvimento integral do estudante. Tal formação é obtida por meio das atividades curriculares organizadas no projeto pedagógico e por atividades que devem ocorrer de forma autônoma e independente, com a supervisão da universidade. Evidencia-se assim uma possível quebra da rigidez curricular em um cenário de mudanças e desafios constantes para a universidade. Dessa forma, o principal objetivo deste estudo foi descrever a importância das Atividades Complementares na formação do aluno da graduação, observando-se que elas possuem duas dimensões: a legal, disciplinar e regulatória e a formativa, com olhar nas demandas sociais de formação. O caminho metodológico adotado baseou-se na pesquisa exploratória, com dois estudos de casos em instituições distintas. Valeu-se dos fundamentos da pesquisa mista: qualitativa e quantitativa. Além da pesquisa bibliográfica, utilizou-se as bases de dados do Inep (Enade/2012), a observação participante, entrevistas com professores-coordenadores e questionário aplicado a uma amostra de estudantes do curso de Direito de uma das instituições (397 alunos). A partir dos dados coletados, dos resultados categorizados e contrapostos aos referenciais explorados no texto, concluiu-se que as Atividades Complementares representam uma grande possibilidade de promoção de mudanças nos currículos dos cursos, tão amplamente discutidas, de enriquecimento pessoal e profissional nos perfis dos alunos da graduação. Entretanto, o trabalho demonstra que alguns professores e alunos ainda desconhecem tais potencialidades. O diálogo com os autores e a análise dos documentos institucionais, das políticas educacionais e da percepção de professores e estudantes sobre esse componente curricular apontam a intencionalidade dos órgãos oficiais de formar mais amplamente os estudantes, ao propor essa inovação curricular. No entanto, percebeu-se que as instituições são obrigadas a assumir tal processo integralmente e o fazem com maior ênfase na questão legal, administrativa, burocrática e regulatória, do que na questão formativa, perdendo boa parte dos possíveis benefícios do desenvolvimento de competências para além da formação profissional especializada. Mais do que certezas, buscou-se provocar reflexões que despertem as instituições formadoras para esse paradoxo. Enfim, a instituição que ensina, também pode ser aprendiz na busca da excelência

Abstract: Inserted in the "Curriculum, Assessment and Teaching" research, this study aims to encourage discussion of prospects of professional-citizens¿ graduation processes through Complementary Activities. College education employs a comprehensive program focused on the students¿ qualification, where Complementary Activities embodies one of the catalytic mechanisms of curricular flexibility. These activities encourage the development of autonomy and independence beyond the systematic syllabus, still under the university supervision. Despite of relaxing the curricular framework, this scenario often demands laboring and challenging adjustments to the university organization. This study evaluated the significance of Complementary Activities to undergraduates¿ education exploring two views, namely legal and formative dimensions. The legal dimension represents the disciplinary and regulatory functions, whilst the formative dimension embodies the social demands. The methodology applied qualitative and quantitative investigation of two institutional case-studies, covering Inep¿s databases analysis (Enade/2012), on-site observation, interviews with teachers-supervisors, and questionnaires submitted to a sample of law school students from one of the institutions (397 students). Collected data and categorized results were compared to current publications regarding the impact of using Complementary Activities designed to optimize the curricular framework. Indeed, this study demonstrated that Complementary Activities enable personal growth and professional training of undergraduate students. However, it also estabilished that some teachers and students still do not acknowledge such potentialities. In accordance to the literature assessment, institutional documents, educational policies, and the perception of faculty and students support the official agencies¿ intentions of qualifying the graduation process through this proposal of curricular innovation. Nonetheless, as its implementation requires unabridged institutional commitment, greater attention is assigned to legal issues, which are administrative, bureaucratic, and regulatory. Therefore, many potential benefits of this curricular proposition, such as fostering professional skills and competencies, turn out thwarted or compromised when the formative dimension is not prioritized. More than certainties, this study expects to create discussion in order to "awaken" the educational institutions about this inconsistency. Overall, in order to pursuit excellence, the institution that teaches can also learn
Subject: Atividades de ensino-aprendizagem
Ensino superior
Currículos
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Abrao_Mariangela_D.pdf2.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.