Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/254027
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: CASULO : corpo criador
Title Alternative: COCOON : creative body
Author: Rodrigues, Letícia de Oliveira, 1985-
Advisor: Jesus, Adilson Nascimento de, 1962-
Abstract: Resumo: Este processo de criação é uma investigação do corpo nas relações entre a respiração, o movimento de pender cabeça e os giros - ao redor de si e pelo espaço - como princípios do movimento expressivo, utilizando-os como princípios potentes na dissolução das fronteiras do corpo e dilatação do corpo cênico para a criação em dança. O ponto de partida desse processo foi uma linha de pensamento mútua, com os precursores da dança moderna, em que a intensidade do movimento é comandada pela intensidade das emoções. Dessa linha, o pensamento desenvolvido por Isadora Duncan - pender a cabeça para trás como delírio dionisíaco, Martha Graham - a respiração e as decorrências anatômicas deste ato e o Candomblé - estabelecendo o movimento de giro em sua estrutura e vida ritualísticas - foram essenciais para o processo. Decorrente das experimentações, com cada princípio no corpo, em laboratório de criação, três corpos-SENSAÇÕES foram concebidos: corpo-ESCUDO, corpo-PÊNDULO e corpo-TRONCO. Nos laboratórios de criação, esses corpos-SENSAÇÕES tiveram uma relação sincrônica com três energias arquetípicas oníricas decorrentes do processo: Oxum, Egun e Xangô. A partir de improvisações com os corpos-SENSAÇÕES e com as energias arquetípicas, encontrei impulsos orgânicos que vieram a ser a potência criadora de danças-imagens. Da criação, observa-se que os caminhos, aqui trilhados, contribuem para o bailarino-intérprete-criador da dança, uma vez que toda a investigação com os princípios permite uma dilatação do corpo cênico e um corpo expressivo em seu contexto-arte

Abstract: This process of creation is an investigation of the body in the relations between breathing, the movement of bending the head, and the movement of turning - around oneself and around the space - as principles of expressive movement, using them as powerful principles in the dissolution of the body's barriers and in the dilation of the scenic body for creation in dance. The starting point of this process was a line of thinking common to that of the precursors of modern dance, according to which movement intensity is guided by the intensity of emotions. In this line, the ideas developed by Isadora Duncan - bending the head backwards as a Dionysian delirium, and Martha Graham - the action of breathing and its effect on the human body, as well as the practices of Candomblé - establishing the turning movement in its structure and ritualistic life - were essential for the process. According to the experimentations with each principle in the body, three SENSATION-bodies were conceived during the creation laboratory: the SCHIELD-body, the PENDULUM-body and the TRUNK-body. In the creation laboratories, these SENSATION-bodies were synchronically related with three archetypal oniric energies resulting from the process: Oxum, Egun, and Xangô. From improvisations with the SENSATION-bodies and with the archetypal energies, I found organic impulses that became the creative power of the dance-images. From the creation process, I observed that the paths taken contribute to the dancer-interpreter-creator in the field of dance, where every investigation with the principles allows a dilation of the scenic body and an expressive body in its art-context
Subject: Processo criativo
Dança
Corpo criador
Poéticas do invisível
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rodrigues_LeticiadeOliveira_M.pdf8.12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.