Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/254026
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Educação popular e consciência política na luta pelo espaço urbano em Maceió : a resistência da vila de pescadores de Jaraguá
Title Alternative: Popular education and political consciousness in struggle for urban space Maceió : the resistance Jaraguá fishermen village
Author: Pereira, Parmênides Justino, 1968-
Advisor: Sandoval, Salvador Antonio Mireles, 1946-
Abstract: Resumo: Nosso objetivo consistiu em identificar os elementos pedagógicos constituídos na resistência dos moradores da Vila de Pescadores de Jaraguá, em Maceió-AL, no contexto da luta urbana, no sentido de configurar os desdobramentos procedentes dos processos de Educação Popular e da formação de consciência política presentes nesta comunidade. Especificamente, buscamos compreender que fatores contribuíam para a formação da consciência crítica deste grupo, em seus aspectos ideológicos e empíricos, considerando sua posição política de veemente recusa em serem removidos do território que ocupam há décadas. Em conflito com a Prefeitura da cidade, que buscava transferi-los para um condomínio de apartamentos em outra localidade, esta comunidade chama atenção pela persistência de seus objetivos de permanência, pautados pela necessidade de manutenção da tradicionalidade e da territorialidade, motivo pelo qual recusam a transformação da área em um parque turístico,cuja construção restringe o acesso dos moradores da vila aos equipamentos coletivos da pesca. Utilizamos como principal recurso metodológico a pesquisa participante, pela qual nos propusemos a acompanhar as lideranças e demais membros da comunidade nas ações de enfrentamento, fazendo-nos presentes nos momentos cruciais da luta, bem como compartilhando momentos essenciais de seu cotidiano. Realizamos também entrevistas abertas e semidirigidas, nas quais procuramos extrair sentidos produzidos pelos moradores em sua interpretação da realidade conflituosa. Os resultados nos revelaram um profundo sentimento de pertencimento ao lugar, permeado pela convicção de uma identidade coletiva característica de uma comunidade tradicional, aspecto que os credencia ao gozo dos direitos específicos voltados para a proteção deste tipo de população. Entretanto, este autorreconhecimento esbarrou na intransigência do poder público, irredutível na implantação de seu projeto de intervenção urbana, além de ignorar a importância cultural alegada em defesa da permanência dos moradores. Do ponto de vista geopolítico, percebemos que a inversão de papéis de atores sociais culminou na desqualificação social dos atores sociais como pretexto para o enobrecimento do espaço, consolidando os efeitos excludentes do processo de revitalização urbana da cidade. Do ponto de vista pedagógico, apreendemos que o nível de consciência da comunidade é decorrente de diversos fatores, como atividades culturais e organizacionais praticadas na elaboração de projetos e na militância comunitária da Associação de Moradores e o nível de articulação que estabeleceram com amplos setores da sociedade, sobressaindo-se as relações acadêmicas com a Universidade e as relações de parceria com Ministérios do Governo Federal. Além disso, observamos uma forte influência das concepções libertárias de Paulo Freire, adquiridas nos projetos de Alfabetização de Jovens e Adultos realizados na comunidade. Do ponto de vista da Psicologia Política, o modelo de consciência proposto por Sandoval proporcionou o entendimento empírico mais detalhado dos elementos psicológicos que permearam a construção da resistência.Desta forma, concluímos que os impactos da Educação Popular fizeram diferença na formação política desses moradores, capacitando-os para o enfretamento da luta contra a remoção, no que entendemos a necessidade de reprodução desses mecanismos de empoderamento junto a outras comunidades que já sofrem, ou que hipoteticamente venham a sofrer igual processo de expropriação

Abstract: Our goal was to identify pedagogical elements which the resistance of the residents in Fishing Village of Jaraguá in Maceió-AL, in the context of urban struggle, in order to set up the developments coming from popular education processes and the formation of political consciousness present this community. Specifically, we seek to understand what factors contribute to the formation of critical consciousness of this group, its ideological and empirical aspects, considering his vehement refusal policy position on removal from the territory they have occupied for decades. In conflict with the town Hall, which transferred them to an apartment complex in another location, this community calls attention to the persistence of its permanence goals, guided by the need to maintain traditionalism and territoriality, why refuse the transformation of area into a tourist park, whose destination the village is restricted to collective fishing equipment. We used as the main methodological resource participatory research, in which we propose to follow the leaders and other members of the community in coping actions, if doing this in crucial moments of struggle and sharing essences moments of their daily lives. We also conduct open interviews and semi-structured, where we try to extract some meanings produced by the residents in their interpretation of the conflicting reality. The results showed us a deep sense of belonging to the place, permeated by the conviction of a collective identity characteristic of a traditional community, aspect that accredits the enjoyment of specific rights dealing with the protection of this type of population. However, this self-recognition bumped into the intransigence of the government, irreducible in the implementation of its project of urban intervention, in addition to ignoring the alleged cultural importance in defending the permanence of residents. From the geopolitical point of view, we realize that the role reversal of social actors culminated in the social disqualification of social actors as a pretext for the ennoblement of space, consolidating the exclusionary effects of urban revitalization process of the city. From the pedagogical point of view, we realize that the community's level of consciousness is due to several factors, such as cultural and organizational activities practiced in developing projects and community activism of the Residents' Association, the level of articulation that has always established with broad sectors of society, standing up academic relations with the University and partnerships with ministries of the Federal Government, however observe a strong influence of libertarian ideas of Paulo Freire, acquired in the "Youth and Adult Literacy projects" carried out in the community. From the point of view of Political Psychology, we realize that the model of consciousness proposed by Sandoval gave the most detailed empirical understanding of the psychological elements that permeate the building of resistance. We conclude that the Popular Education impacts made a difference in the political education of residents, enabling them to coping the fight against removal, as we understand the need to reproduction these empowerment mechanisms with other communities already suffering, or hypothetically come suffers the same process of expropriation
Subject: Educação popular
Consciência política
Pescadores - Jaraguá (AL)
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereira_ParmenidesJustino_D.pdf3.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.