Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/254003
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Educação infantil popular : possibilidades a partir da Ciranda Infantil do MST
Title Alternative: Popular early childhood education : possibilities through the Landless Workers Movement's Ciranda Infantil
Author: Freitas, Fábio Accardo de, 1986-
Advisor: Faria, Ana Lúcia Goulart de, 1951-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo central analisar a prática educativa com as crianças Sem Terrinha realizada na Ciranda Infantil do pré-assentamento Elizabeth Teixeira do Movimento de Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a partir do questionamento se esta pode ser compreendida como uma proposta de Educação Infantil Popular. A pesquisa de mestrado teve como base de análise a participação do pesquisador como educador infantil na Ciranda Infantil do pré-assentamento, no desafio de ser pesquisador e pesquisado ao mesmo tempo, onde sujeito e objeto se encontram, e de problematizar e refletir sobre a prática educativa realizada, a partir dos pressupostos teóricos da Sociologia da Infância, Pedagogia da Educação Infantil e da Educação Popular. A análise da prática educativa a partir dos relatos do coletivo de extensão Universidade Popular, utilizados como fonte da pesquisa, foi central no processo de criação de procedimentos metodológicos dialéticos de falar com, para e sobre as crianças que possibilita a inversão do olhar adultocêntrico (ROSEMBERG, 1976) do pesquisador para a recriação de uma prática "criançocêntrica". Os relatos trouxeram o protagonismo das crianças apresentando-as como produtoras de culturas infantis (FERNANDES, 2004; CORSARO, 2011) o que possibilitou observá-las produzindo conhecimento, entre elas e entre elas e as educadoras e educadores, e caracterizar, assim, a Ciranda Infantil como um espaço de produção de culturas infantis. Nessa perspectiva, a pesquisa preocupou-se em apresentar as condições estruturais (QVORTRUP, 2010) que configuram a experiência de infância das crianças Sem Terrinha naquele pré-assentamento, assim como compreender o formato, a organização e a dinâmica da Ciranda Infantil e a maneira pela qual se constituiu, especificamente, a proposta de educação infantil analisada. A experiência da Ciranda Infantil situa-se dentro da trajetória histórica da Educação Popular brasileira, uma vez que se relaciona com as experiências passadas de Educação Popular apresentadas nesta pesquisa. No entanto, podemos considerar que suas práticas foram reinventadas a partir do contexto, das condições materiais atuais e das especificidades da educação com crianças. Os elementos apresentados nos três capítulos desta dissertação permitiram compreender a Ciranda Infantil do MST como uma proposta de Educação Infantil Popular, pois ela se insere na trajetória da Educação Popular como uma educação vinculada aos interesses da classe trabalhadora no interior da luta de classes; está vinculada a um movimento social organizado que visa a emancipação dos sujeitos e um outro projeto de sociedade; se apresenta como espaço de encontro do coletivo infantil e como espaço de produção de culturas infantis e; reconhece as crianças como sujeitos da história, produtoras de culturas infantis e protagonistas na luta pela terra

Abstract: This dissertation has as a main purpose to analyse the educational practice with "Sem Terrinha" children held in the "Ciranda Infantil" in the Landless Rural Workers Movement (MST) pre-settlement Elizabeth Teixeira, starting from the questioning if it can be understood as a proposal for Popular Early Childhood Education. This master's research had as a basis of analysis the researcher's participation as a childhood educator in the "Ciranda Infantil" of the pre-settlement, in the challenge of being the researcher and the researched at the same time, in the place of encounter of subject and object, questioning and thinking about the educational practices, having as a starting point the theoretical assumptions of Sociology of Childhood, Early Childhood Education Pedagogy proposaland Popular Education. The analysis of the educational practice from the reports of the university extension group Collective "Popular University", used as sources of research, was essential to the process of creating the dialectical methodological procedures of speaking with, to and about the children, which allows the reversing of the researcher's adult-centric perspective (ROSEMBERG, 1976) in order to recreate a "child-centric" practice. The reports brought up the children's protagonism, presenting them as childhood culture producers (FERNANDES, 2004; CORSARO, 2011), which made it possible to observe them producing knowledgment among them and between them and the educators, and feature, therefore, the "Ciranda Infantil" as a place of childhood culture production. Following this line of thought, the research had the concern of presenting the structural conditions (QVORTRUP, 2010) that shape the childhood experience of the "Sem Terrinha" children in that particular pre-settlement, as well as understand the format, the organization and the dynamics of the "Ciranda Infantil" and the way by which the analysed childhood educational proposal specifically constituted itself. The experience of "Ciranda Infantil" is inserted in the historic path of brazilian Popular Education, since it relates itself with past Popular Education experiences presented here in this research. However, we can acknowledge that it's practices were reinvented up from the context, the present material conditions and the specificities of childhood education. The elements presented in the three chapters of this dissertation permitted understanding the "Ciranda Infantil" of the MST as a Popular Early Childhood Education proposal, for it is placed inside the history of Popular Education as an education attached to the interests of the working class within class struggle; it is attached to an organized social movement that aims at the emancipation of subjects and another society project; presents itself as a place of encounter of the children's collective and as a place of culture production and; recognizes children as subjects of history, childhood culture producers and protagonists in the struggle for land
Subject: Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra
Educação infantil
Educação popular
Ciranda
Cultura infantil
Sociologia da infância
Editor: [s.n.]
Citation: FREITAS, Fábio Accardo de. Educação infantil popular: possibilidades a partir da Ciranda Infantil do MST. 2015. 228 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/254003>. Acesso em: 27 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freitas_FabioAccardode_M.pdf1.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.