Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253965
Type: TESE
Title: Félix Guattari : subjetividade, capitalismo e educação
Title Alternative: Félix Guattari : subjectivity, capitalism and education
Author: Camargo, André Campos de, 1979-
Advisor: Gallo, Sílvio, 1963-
Gallo, Silvio Donizetti de Oliveira
Abstract: Resumo: A obra conceitual de Félix Guattari - formada por livros, cursos, artigos, entrevistas, etc.- pode ser descrita como o resultado de sua intensa militância política misturada à prática clínica e às leituras filosóficas, científicas e artísticas. Nela encontramos ecos de um antigo e grande projeto geral que permeou as pesquisas de inúmeros intelectuais desde Kant e que em sua época constituía uma pergunta da qual se ocupavam vários pensadores franceses. Tal projeto pode ser resumido pela questão: como nos tornamos o que somos? Nessa (im) possível filiação, Guattari parece ter respondido: tornamo-nos o que somos pela produção de subjetividade. Mas antes de respondê-la, ele formulou inúmeras perguntas, como por exemplo: Qual a relação do capitalismo com a produção de subjetividade? A produção de subjetividade é estritamente humana? Como os processos de subjetivação organizam a subjetividade na atualidade? Por que uma determinada produção de subjetividade se faz presente e não outra? Os equipamentos coletivos funcionam como produtores de subjetividade? É possível resistir aos processos de produção de subjetividade? Analisar a obra de Guattari, tendo em vista esse provável projeto geral em que ela se insere e os questionamentos que ela suscita frente ao presente, nos parece uma tarefa gigantesca, mas possível de ser realizada. Para que possamos tratá-la no limite desta dissertação, elaboraremos uma introdução ao pensamento de Guattari, buscando apresentar o conceito de subjetividade maquínica e o de produção de subjetividade capitalística - conceitos que parecem cortar transversalmente toda obra do pensador francês e dar sustentação aos demais conceitos ¿ com o intuito de compreendermos o papel da instituição escolar no processo de subjetivação dos indivíduos na atualidade

Abstract: The conceptual oeuvre of Félix Guattari, portrayed by books, essays, articles, lectures, courses and interviews, are the result not only of his intense political activism but also of his clinical practice and readings about philosophy, science and art. We also find in his works echoes of an old overall project that could be summarized by a question on which French scholars, among a several number of other intellectuals, have been discussing since Kant. This project corresponds to the question: How did we become what we are? Regarding this (im) possible association, Guattari seems to reply that we become what we are by producing subjectivity. Before attempting to answer the issue, he formulated several questions such as: What is the relation between capitalism and subjectivity production? Is the subjectivity production strictly human? How do the subjectivation procedures (the active production of subjectivity) organize the subjectivity currently? Why does a specific subjectivity production take place instead of another? Do the collectivity instances work as subjectivity producers? Is it possible to withstand the processes of subjectivity production? Although an analysis of Guattari's works seems an ambitious proposal, as regards the overall project in which his works are inserted and the questions raised by them towards contemporaneity, it can be done. In order to achieve it, this dissertation aims to develop this analysis attempting to comprehend the educational institution role in the subjectivation process of the individuals at the present time. Considering this goal, we will elaborate an introduction to Guattari's thought. This will allow us to introduce the concepts of the machinic subjectivity as well as the production of capitalistic subjectivity, concepts which seem to be throughout Guattari's oeuvre and also appear to support the remaining concepts, significant for the analysis
Subject: Capitalismo
Subjetividade
Instituição escolar
Resistência
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Camargo_AndreCamposde_M.pdf876.45 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.