Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253909
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Em equilíbrio precário : o trabalho do profissional da dança em ações socioeducativas
Title Alternative: Precarious equilibrium : the work of dance professionals in socio-educational programs
Author: Pronsato, Laura, 1972-
Advisor: Strazzacappa Hernandez, Marcia Maria, 1965-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa parte da hipótese de que o crescimento de programas e projetos socioeducativos que utilizam a arte como ferramenta educacional instaura ambivalências no campo da dança, de seu ensino e nas condições de trabalho em que os artistas e educadores desta área se inserem. Questões que acarretam deslocamentos de sentidos com relação às concepções sobre a interface arte e educação. A isto soma-se o reconhecimento ou não destes profissionais como trabalhadores nessa esfera em que prevalece a não continuidade dos processos artísticos e educativos pautados por contratos temporários e parciais. Para entender melhor estas questões, o estudo se localiza na cidade de São Paulo e a partir do fim da década de 1980, período de significativas mudanças econômicas, sociais, educacionais e culturais do qual, no processo de redemocratização emerge uma crise discursiva que pode ser percebida na atualidade, entre os artistas e educadores de dança, a partir de conflitos e tensão identitários e conceituais sobre sua própria profissão. Configurou-se como pesquisa de caráter qualitativo em que se ressaltou a dialética e o processo autobiográfico, ao rememorar minhas próprias experiências, em simultaneidade com narrativas memorialísticas, advindas de entrevistas semi-estruturadas, de profissionais da dança que atuaram em ações socioeducativos e governamentais de São Paulo. Esta esfera revelou-se, prioritariamente, como lugar de passagem, entre tantos outros, que configuram as estratégias de obtenção de renda perpetuando um equilíbrio precário, próprio da profissão. As condições de trabalho neste contexto também desvelaram uma precariedade contraditória em que predominam sentimentos de desvalorização e desrespeito, muitas vezes, silenciados ou invisibilizados, pela valorização que cada profissional atribui aos pequenos, mas significativos, momentos artísticos na relação artista-educando. Neste sentido, a sonhada estabilidade não se refere necessariamente à financeira e sim ao reconhecimento como trabalhador da arte

Abstract: This research begins from the hypothesis that the growth of socio-educational programs and projects that use art as an educational tool creates ambivalences in the field of dance and the teaching of dance, and in the work conditions in which artists and educators of this area are inserted. Issues that imply a change of meanings in relation to the concepts on the art and education interface. To this, the recognition (or lack of recognition) of these workers is added, in this sphere in which the non-continuity of the artistic and educational processes prevail, due to partial and temporary contracts. For a better understanding of these issues, this study is located in the city of São Paulo, in a period beginning in the end of the 80¿s, a significant period of economic, social, educational and cultural changes, during which, in a process of re-democratization has emerged a discursive crisis that can be seen nowadays, among artists and dance educators, stemming from identity and conceptual conflicts and tensions in relation to the profession. This work has been configured as a qualitative research in which the dialectics and the autobiographical process are highlighted, in remembering my own experiences, simultaneously alternating with memory narratives, from semi-structured interviews, with dance professionals that have acted in socio-educational and governmental actions in the State of São Paulo. This sphere has primarily been revealed as a passage way, among many others, that constitute strategies to obtain income, thus perpetuating a precarious balance, a characteristic of the profession. The work conditions in this context also reveal a contradictory poorness in which feelings of underestimation and disrespect prevail, many times silenced or made invisible, by the value each professional attributes to the small, but significant artistic moments in the relation artist-student. In this sense, the so dreamed stability does not refer to the financial reality but to the recognition as an art worker
Subject: Dança
Trabalho
Educação
Ação social
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pronsato_Laura_D.pdf10.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.