Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253897
Type: TESE
Title: Um estudo exploratorio sobre as concepções e as atitudes dos professores de educação infantil em relação a matematica
Author: Moron, Claudia Fonseca
Advisor: Brito, Marcia Regina Ferreira de, 1950-
Abstract: Resumo: A presente pesquisa teve por finalidade estudar a existência e o tipo de atitudes (positivas ou negativas) com relação à Matemática presentes nos professores de educação infantil. Buscou analisar, também, se professores com atitudes positivas em relação à Matemática possuem concepções sobre o ensino da Matemática diferentes daqueles com atitudes negativas. A pesquisa foi realizada em 41 escolas de educação infantil do município de Bauru. SP. Participaram da primeira fase do estudo 402 professores de educação infantil. Os instrumentos usados, nessa fase, foram um questionário e uma escala de atitudes em relação à matemática, do tipo Likert, elaborada por Aiken (1961), revisada e testada por Aiken e Dreger em 1963 e traduzida e adaptada por Brito (1996). Na segunda fase do estudo, foram entrevistados seis professores, selecionados dentro do grupo obedecendo ao seguinte critério: a) três professores com atitudes negativas e b) três professores com atitudes positivas em relação à matemática. Os resultados obtidos com o questionário e a escala de atitudes mostraram que esse grupo de professores possui atitudes mais positivas em relação à matemática cuja média ficou em 60,5. Os resultados da análise da escala mostraram um coeficiente de fidedignidade elevado, sendo item alfa = ,94 e o mesmo obtido para a escala original (Aiken e Dreger, 1961). Foi possível verificar, com a análise das entrevistas, que as atitudes (positivas ou negativas) não foram determinantes para diferenciar as concepções que os professores entrevistados possuem sobre o ensino da Matemática na educação infantil

Abstract: The main objective of this investigation was to access the attitudes toward mathematics and the direction (positive or negative) that is presented by teachers envolved in pre school education. lt was also a goal of this study to relate conceptions about math presented by teachers with positive and negative attitudes. Subjects were 402 teachers trom 41 pre-schools located in a urban area. They answered a questionnare and a scale of attitudes toward math developed by Aiken ( 1961), reviewed by Aiken and Dreger in 1963, translated and adaptated by Brito (1996). ln adition, sex teachers were selected regarding the results obtained by them in the attitudes (3 were teachers with positive attitudes and 3 with negative attitudes) and those teachers were interviewed. The results obtained ITom questionnare and the scale of attitude showed that this group of teachers had whose mean was 60.5 more positive attitudes with regard to mathematics. The scale analysis results showed a high reliability coefficient with the Alpha item = .94 the same result obtained for the original scale. lnterview analysis was able to show the attitudes (positive or negative) were not determining factors to differentiate the conceptions interviewed teachers had the teaching of mathematics in pre-school
Subject: Professores - Atitudes
Educação pré-escolar
Matemática
Psicologia educacional
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moron_ClaudiaFonseca_M.pdf5.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.