Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253887
Type: TESE
Title: Avaliação das concepções de escrita de crianças da pre-escola da rede municipal de ensino de Poços de Caldas-MG
Author: Vilela, Celia Maria de Freitas
Advisor: Leite, Sergio Antonio da Silva, 1946-
Abstract: Resumo: A alfabetização tem assumido proporções críticas na discussão sobre as funções das instituições públicas de educação infantil (incluindo pré-escola) e sua contribuição para a formação do sujeito histórico.Descobertas científicas, como a de Emília Ferreiro (1985), comprovam que a leitura e a escrita constituem um sistema de representação da linguagem, convertendo-se sua aquisição numa aprendizagem conceitual e que o processo de alfabetização é longo, tendo início muito antes da 1 a série. Dentro desse enquadre, a presente pesquisa investiga as concepções de escrita de crianças da pré-escola da Rede Municipal de Ensino de Poços de Caldas MG, através da análise e comparação das representações de escrita apresentadas por 60 crianças na faixa etária de 6 a 7 anos, de nível sócio-econômico baixo, cursando a última série da pré-escola pela I a vez, com períodos de escolarização variando de I, 2 e 3 anos. Os dados foram obtidos através de um instrumento de avaliação com posto de 30 itens, que verificaram a concepção de escrita, elementos do processo de leitura e escrita e noções básicas de metalinguagem. A análise dos dados foi realizada através dos testes Qui-Quadrado, para verificar as diferenças significativas entre as respostas apresentadas pelos três grupos e entre as escolas pesquisadas. As análises demonstram que não há correlação entre maior tempo de escolarização e melhor capacidade de responder aos itens relacionados com leitura e escrita em um nível mais próximo às características alfabéticas da escrita. Crianças com três anos de freqüência pré-escolar não demonstraram maior avanço no processo de desenvolvimento da leitura e escrita. Analisando esse resultado à luz dos pressupostos teóricos, observou-se que a pré-escola parece ter colaborado pouco com o processo de aquisição da leitura e escrita, o que poderia significar a falta de um domínio teórico por parte dos professores ou falta de organização adequada de situações de aprendizagem de sala de aula, envolvendo o aluno no processo de leitura e escrita

Abstract: The teaching of reading and writing has assumed critical proportions in the forum debate among educators concerning about the functions of the public pre school system and its contribution to the historical individual.Scientific researches, as in Emília Ferreiro (1985), confirm that reading and writing constitute a system of language representation, changing its acquisition into a conceptual learning process, starting much before 1 sI grade. Considering this particular enviroment, the present research investigates the conceptions of writing of pre-school children from Public Schools in Poços de Caldas, M.G., aiming to present an analysis and comparison of the written representations brought out by 60 children from a low social economic rank, aging from 6-7, enrolled in the last grade of the pre-school for the first time, at different schooling periods, varying from 1, 2 and 3 years. Research results were obtained through an evaluation pool composed of 30 items aiming to verify the writing conception, the elements in the process of reading and writing and the basic notion of metalanguage. Data analysis were obtained through "Qui-Quadrado Testes" (Three-squared tests) in order to verify the significant differences among the answers presented by the three groups and the schools involved in this study. Data have led to the conclusion that there is no correlation between schooling period and the individual capacity to answer the items related to reading and writing in a level closer to the writing characters. Children attending school over a three year period not demonstrate a greater development in process of literacy. Analysing the results through theoretical pressupositions, observation have led to the conclusion that pre-schooling seems to have collaborated just a little in the process of reading and writing acquisition, what could possibly mean a lack of deeper theoretical reference source from teachers; should there be, also, well planned learning situations involving the students in the reading and writing process
Subject: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação
Alfabetização - Poços de Caldas (MG)
Educação pre-escolar - Poços de Caldas (MG)
Escrita
Leitura
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1995
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vilela_CeliaMariadeFreitas_M.pdf5.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.