Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253547
Type: TESE
Title: O sentido etico-estetico do corpo na cultura popular
Author: Lara, Larissa Michelle
Advisor: Goergen, Pedro L., 1944-
Goergen, Pedro Laudinor, 1944-
Abstract: Resumo: Várias são as contribuições teóricas acerca do corpo, da ética e da estética, principalmente no campo filosófico. Contudo, um estudo que busque interfaces por meio do que denomino ¿sentido ético-estético¿, mais especificamente a partir do gestual popular, carece ainda de maiores investigações. Partindo dessa compreensão, a pesquisa tem por objetivo analisar o sentido ético-estético do corpo na cultura popular, identificando as relações dialógicas entre ética e estética que levam à estruturação do campo gestual em comunidades populares. Para tanto, tornou-se necessário compreender as relações histórico-filosóficas entre ética e estética; discutir o corpo como produto/produtor de cultura e meio de realização do sentido ético-estético; investigar como a ética leva à configuração estética do corpo na cultura popular e como esta mesma construção estética conduz a encaminhamentos éticos; perceber como se dá o sentido ético-estético em grupos de cultura popular, identificando possibilidades de estruturação gestual. Foram realizadas investigações teóricas por meio de incursões na história da filosofia e na antropologia, bem como desenvolvido um estudo do tipo etnográfico em comunidades de maracatu na cidade de Recife-PE. A pesquisa aponta que o corpo, como construção cultural, segue normatizações coletivas, instauradas por uma moralidade e uma estética construídas historicamente, transmitidas, pensadas e (re)significadas nos diferentes contextos sociais. Tais normatizações definem a convenção coletiva do uso dos gestos e das técnicas corporais próprias a cada comunidade de cultura popular. A construção do sentido ético-estético dá-se pelas regras de comportamento da comunidade, que conduzem ao delineamento de suas técnicas corporais e moralidade; pelos princípios e valores que caracterizam o que seja adequado e justo; pelo sentido de existência coletiva, preservação das tradições e religiosidade; pelas regras de competição impostas por setores externos; pelo jogo de conformismo e resistência que leva os populares a serem invadidos pela indústria cultural e a lutarem contra essa invasão; pela dinamicidade cultural e necessidade de reconhecimento social; pela denúncia às mazelas humanas. Tais reflexões identificam a existência de uma racionalidade diferenciada, distinta da lógica ocidental e que, por isso mesmo, parece estar à margem dela. É nesse sentido que este estudo talvez se constitua como uma forma de intervenção, sobretudo educacional; como possibilidade de olhar o ¿outro¿ da razão

Abstract: With regard to the body, ethics and esthetics there are several theoretical contributions, mainly on the philosophic field. However, a study that searches for interfaces between what I name ¿ethic and esthetic body sense¿, more specifically from the popular gestures, still needs further investigations. Based on this understanding, the present research aims at analyzing the ethic-esthetic sense of the body in the popular culture, identifying the dialogical relations between ethics and esthetics that leads to the structuring of the gesture field in popular communities. Therefore, it is necessary to understand the philosophic and historic relations between ethics and esthetics; discuss the body as both a product/producer of culture and a way of accomplishing the ethic-esthetic sense; investigate how the ethics leads to the esthetic configuration of the body in the popular culture, and how this same esthetic structuring leads to ethic directions; realize how the ethic-esthetic sense occurs in popular culture groups, identifying possibilities of gesture structuring. Theoretical investigations were used by means of incursions on the philosophy history and on anthropology, as well as an ethnographic-type developed study in Maracatu communities, in Recife City, Pernambuco State. The research points out that the body, as a cultural structuring, follows collective norms, established by a historically constructed morality and esthetics, which are transmitted, considered and resignified in the different social contexts. Such norms define the collective convention in what concerns the use of gestures and corporal techniques related to each popular cultural community. The ethic-esthetic sense structuring occurs based on the community behavior rules, which lead to the outlining of their corporal techniques and morality; by the principles and values that characterize what is adequate and fair; by the sense of collective existence, religiosity and tradition preservation; by the competition rules imposed by external sections; by the game of conformism and resistance that make people to be susceptibly invaded by the cultural industry and to fight against this invasion; by the cultural dynamism and necessity of social recognition; by the denouncement on the human afflictions. Such reflections identify the existence of a singular rationality, different from the occidental logic and that, therefore, seems to be subjugated to it. It is in this sense that this study might establish itself as a way of intervention, mainly educational; as a possibility of looking at the ¿other side¿ of the reason
Subject: Ética
Estética
Corpo
Maracatu
Cultura popular
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lara_LarissaMichelle_D.pdf1.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.