Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253277
Type: TESE
Title: Procedimentos de representação grafica da quantidade em crianças de 4 a 6 anos de idade : uma perspectiva piagetiana
Author: Barreto, Maria de Lourdes Mattos
Advisor: Souza, Maria Thereza Costa Coelho de, 1957-
Abstract: Resumo: O problema na presente pesquisa foi conhecer quais idéias de quantificação crianças de 4 a 6 anos de idade possuíam, identificando os procedimentos e categorizando os tipos de representação gráfica da quantidade predominantes nesta faixa etária. A pesquisa foi situada entre os estudos baseados na teoria piagetiana, destacando-se os pressupostos básicos relacionados à pesquisa e o papel da interação social que está ligado ao processo de comunicação da quantidade, o que gera uma necessidade social de representar graficamente a quantidade de elementos de uni conjunto. A necessidade de comunicação tem o jogo como favorecedor da atividade, sendo considerado elemento desencadeador do funcionamento de instrumentos que levam à estruturação cognitiva da criança, favorecendo a construção da representação gráfica da quantidade. Foram estudadas 27 crianças, divididas em 2 grupos com média de 4,6 e 5,6 anos de idade observadas em 3 etapas constituídas de atividades individuais e jogos em grupo (Jogo de Dados e Sjoelbak). Os resultados indicaram diferenças entre as 2 faixas etárias com relação ao tipo de representação gráfica da quantidade. Encontrou-se variabilidade de procedimentos nas atividades relacionadas ao número e à quantidade, porém com maior regularidade entre as crianças mais velhas. As crianças realizaram a soma de parcelas quando em situação de jogo, extrapolando as expectativas do presente estudo. Os resultados evidenciaram ainda que é possível observar construções anteriores à noção operatória do número em crianças pequenas que lhes servirão de base para as futuras operações aritméticas

Abstract: The problem in to present research went know which quantification ideas children of 4 to 6 years of age possessed, identifying the procedures and classifying the types of graphic representation of the predominant amount in this age group. The research was placed among the studies based on the Piaget's theory, standing out the basic presuppositions related to the research and the paper of the social interaction that it is tied up to the process of communication of the amount, what generates a social need to represent the amount of elements of a group graphically. The communication need has the game as helper of the activity, being considered element unchaining of the operation of instruments that take to the child's cognitive structuring, favoring the construction of the graphic representation of the amount. 27 children were studied, divided in 2 groups with average of 4,6 and 5,6 years of age observed in 3 constituted stages of individual activities and games in group (Play of Data and Sjoelbak). The results indicated differences among the 2 age groups with relationship to the type of graphic representation ofthe amount. We found variability of procedures in the activities related to the number and the amount, even so with larger regularity among the oldest children. The children accomplished the sum of portions when in game situation, extrapolating the expectations of the present study. The results evidenced although it is possible to observe constructions previous to the opera tive notion of the number in sma11 children that wil1 serve them as base for the future arithmetic operations
Subject: Piaget, Jean, 1896-1980
Numero - Conceito em crianças
Jogos em grupo
Psicologia infantil
Psicologia educacional
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barreto_MariadeLourdesMattos_D.pdf14.96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.