Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253221
Type: TESE
Title: O hip-hop (en) cena : problematicas acerca do corpo, da cultura e da formação
Author: Rotta, Daltro Cardoso
Advisor: Kossovitch, Elisa Angotti, 1942-
Abstract: Resumo: Esta dissertação que ora apresento tem como campo de problemáticas algumas práticas de socialização de bairros periféricos, e encontra no movimento hip-hop um grande campo de experimentação. De grande influência na cultura da Juventude contemporânea, o hip-hop engendra discursos carregados de preocupação com os cenários de segregação social e cultural vivenciadas pelas periferias urbanas, além de produzir por meio de seções exaustivas de treinamento, um corpo apto ao desenvolvimento de uma arte dotada de uma potência singular de encenar, por meio de gestos, composição corporal e movimento, um certo estilo de viver marcado por um cenário de falta, de precariedade e preconceito, porém não carente de inventividade. Diria que são corpos potentes que trazem consigo as marcas da exclusão social e uma certa ousadia de encenar, na forma de uma arte das ruas, uma estética da existência. Retraço, desta maneira, a trajetória de formação de dois grupos de hip-hop da cidade de Pelotas/RS: os Piratas de Rua Creew e a Banca C.N.R. Por meio de estratégias etnográficas como a observação participante, registro em diário de campo e depoimentos orais. Problematizo suas trajetórias, que vão da socialização como uma prática de lazer periférico, até uma organização que garante aos seus atores um importante dispositivo de formação e reinserção social

Abstract: This paper has as field of problems some practices of socialization of outlying neighborhoods, and it possesses the hip-hop culture as a great experimentation field. Of great influence in the contemporary Youth's culture, the hip-hop engenders speeches loaded of concern with the sceneries of social and cultural segregation lived by the urban peripheries, besides producing through exhausting sections of training, a capable body to the development of an art endowed with a singular potency of staging, through gestures, corporal composition and movement, a certain style of living marked by a lack scenery, of precariousness and prejudice, however no lacking of inventiveness. I would say that they are potent bodies that they bring the marks of the social exclusion and a certain daring of staging, in the form of an art of the streets, an aesthetics of the existence. I aim at, in this research, the path of formation of two groups of hip-hop of the city of Pelotas/RS: Street Pirates Crew and C.N.R. Rappers. Through ethnography strategies as the participant observation, registration in field diary and oral depositions. I problematize their paths, that space of the socialization as a practice of outlying leisure, until an organization that guarantees to their actors an important formation device and social insert
Subject: Rap (Música)
Corpo
Cultura
Educação não-formal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rotta_DaltroCardoso_M.pdf1.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.