Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253125
Type: TESE
Title: A resolução de problemas : da dimensão tecnica a uma dimensão problematizadora
Author: Coelho, Maria Aparecida Vilela Mendonça Pinto
Advisor: Carvalho, Dione Lucchesi de, 1946-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa busca compreender as significações produzidas nos diálogos entre professores durante as reuniões pedagógicas da área de Matemática a partir da problematização sobre a Resolução de Problemas como prática pedagógica. A problematização, que se refere ao estabelecimento de relações e conexões entre fatos e idéias, se constituiu em um aprofundamento de questionamentos e reflexões, em busca de uma mudança de significações e novos sentidos. A Resolução de Problemas no ensino da Matemática pode ser considerado um tema complexo, devido a suas múltiplas interpretações, tendo sido por esse motivo escolhido como foco do estudo. O objetivo deste estudo é compreender as significações sobre a Resolução de Problemas como prática pedagógica, produzidas pelos professores nas reuniões da área de Matemática, bem como estudar as condições de produção dessas significações, quando elas extrapolam o próprio problema e dão origem a significações em dimensões mais amplas. Foram usados os aportes teórico-metodológicos da teoria da Enunciação, baseado em Bakhtin (1988, 2000, 2004), tendo como ponto de referência a perspectiva histórico-cultural do desenvolvimento humano, fundamentada em Vygotsky (1987, 1999, 2002, 2003). A hipótese de que a Resolução de Problemas como ponto de partida para o ensino da Matemática é considerada pelos professores como uma prática inovadora foi confirmada pelos indícios que conseguimos perceber nas relações dialógicas. Nossa análise tomou evidente que o problema matemático em uma dimensão problematizadora pode ser gerador de significações sobre a Matemática escolar e seu ensino, sobre as relações de ensino e sobre a vida além da Escola. Ficou também evidente a necessidade de um espaço para a produção de significações pelos professores e da relevância dessa produção para que eles não sejam simples aplicadores de conhecimentos produzidos por outros

Abstract: This research work aims at understanding the meanings produced in dialogic relations among Math teachers during pedagogic meetings, departing ITom the problematization (a reflection which brings about contradictions and may cause a change in paradigm) of problem solving as pedagogic practice. Since problem solving in Math teaching is a complex issue due to its multiple interpretations, it has been chosen as the central focus of our study. Besides understanding the produced meanings, we have also aimed at studying the conditions under which these meanings were produced, when they go beyond the problem itself and generate broader meanings. We used the theoretic-methodological foundation of the Theory of Enunciation, based on Bakhtin, and departed ITom the historic-cultural perspective of human development founded on Vygotsky. The hypothesis that problem solving as a point of departure for the teaching of Math is deemed innovative by teachers was confirmed by the elements we could obtain ITom the dialogic relations. Our analysis made it clear that the Mathematical problem in a problematizing dimension can produce meanings about school Math and its teaching, about the teaching relations, and about life beyond school grounds. The need for space for the production of meaning by teachers was also evident, as well as the relevance of such production in such a way that teachers are not only simple transmitters of knowledge produced by others
Subject: Solução de problemas
Matemática - Estudo e ensino
Educação matemática
Prática pedagógica
Significação (Psicologia)
Reuniões pedagogicas
Interação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Coelho_MariaAparecidaVilelaMendoncaPinto_M.pdf7.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.