Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253087
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: O perfil de idosos assistidos por uma equipe de saude da familia do Centro de Saude de Sousas, no municipio de Campinas, SP
Title Alternative: Profile of elderly people assisted by family health physicians at the health care center of Sousas, Campinas, São Paulo, Brazil
Author: Floriano, Petterson de Jesus
Advisor: Dalgalarrondo, Paulo, 1960-
Abstract: Resumo: Este trabalho investiga idosos assistidos por uma equipe de saúde da família no Centro de Saúde de Sousas, localizado na Cidade de Campinas-SP. Visou-se avaliar a prevalência de agravos físicos e mentais e a qualidade de vida no contexto do Programa de Saúde da Família (PSF), na área de abrangência da Equipe Girassol do Centro de Saúde de Sousas. Utilizaram-se como referenciais teóricos a ¿Transição Demográfica e Epidemiológica¿, as Diretrizes do Ministério da Saúde para o Programa de Saúde da Família, a Política Nacional do Idoso (PNI) e o Estatuto do Idoso. As dimensões estudadas foram: o Perfil Sócio-demográfico, a Qualidade de Vida, a Capacidade Funcional, a Religião, a Saúde Física e a Saúde Mental. Foram incluídos no estudo 82 pessoas com idade superior ou igual a 60 anos, que residiam na área de abrangência da Equipe Girassol. Como procedimento metodológico utilizou-se uma entrevista estruturada face a face, realizada pelo autor. Nesta entrevista aplicaram-se questionários de avaliação multidimensional (INVENTÁRIO SOCIO-DEMOGRÁFICO E CLÍNICO, MINI, WHOQOL, ÍNDICE DE BARTHEL, INVENTÁRIO DE RELIGIOSIDADE). Para a análise estatística dos dados empregouse o programa estatístico SAS 6.12, realizando-se descrições estatísticas e testes de hipóteses com procedimentos bivariados e análise multivariada. Os resultados evidenciaram uma população bastante carente (58,5% morava em bairros sem saneamento básico, com casas em péssimas condições de moradia e sem asfalto), vivendo predominantemente com outras pessoas (somente 13,4% moravam sós). Os idosos estudados apresentavam alta prevalência de doenças físicas crônicas (média de 3,5 doenças por pessoa) e de transtornos mentais (28,2% do total foram considerados ¿casos psiquiátricos¿). Cerca de 27% da amostra apresentou perda de independência em atividades de vida diária. Apresentaram uma pior qualidade de vida percebida os idosos não aposentados, com incapacidade física, com maior número de doenças físicas referidas, que fizeram uso de benzodiazepínicos no último ano, os membros de igrejas evangélicas e os com casa própria. O presente estudo serve de base para um melhor conhecimento da realidade de idosos usuários do PSF, podendo ser útil no futuro para um planejamento mais realista de atividades de promoção e cuidado à saúde

Abstract: The aim of this study was to evaluate the prevalence of physical and mental aggravation in elderly people, focusing on their quality of life, functional capability, religiosity, physical and mental health, and socio-demographic aspects. Eighty-two subjects, age 60 or older, were assisted by the family health physicians at the health care center of Souzas, Campinas, São Paulo, Brazil. This work was based on the Epidemiological and Demographic Transition, the Health Ministry Guidelines for the Family Health Program, the National Policies for Senior Citizens¿ Health (PNI), and the Elderly Statute. A multidimensional evaluation questionnaire was used to interview the patients individually. The software package, SAS 6.12, was used for the statistical analyses. Results evidenced a very needed population (58.5% dwelling in rundown houses in areas lacking sewage system and asphalt) predominantly living with other people (only 13.4% live alone) and with a high prevalence of chronic diseases (an average of 3.5 per person), mental disorders (28.2% were considered ¿psychiatric cases¿), and loss of independence (26.8% needed help to accomplish at least one of their daily activities). The individuals who reported being non-retired, going to the evangelical church, having some incapability, having a large number of physical diseases, having used benzodiazepinics, and having private houses showed the lowest scores during the evaluation of self-perceived quality of life. Data analysis focused on the overall health of the elderly, with the attempt to provide active life expectancy for the families with the highest levels of functional independence
Subject: Programas de saúde
Idosos
Religião
Saúde mental
Qualidade de vida
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Floriano_PettersondeJesus_M.pdf430.77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.