Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/253066
Type: TESE
Title: Em busca da planetização do ensino de ciencias para a educação ambiental
Author: Amaral, Ivan Amorosino do, 1942-
Advisor: Manfredi, Silvia Maria, 1946-
Manfredi, Silva Maria
Abstract: Resumo: Apresenta-se uma proposta metodológica curricular para o ensino de Ciências, tendo como metas revelar o Ambiente e desvelar a Ciência e pretendendo constituir-se numa superação dos modelos anteriormente existentes. O estudo coloca em questão a metodologia do ensino do modelo proposto, visando explicar sua origem e principais características teóricas e técnico-operacionais. É realizada uma investigação histórico-retrospectiva, onde é focalizada a trajetória profissional do autor, assim como dos grupos e instituições profissionais de que participou, tendo como cenário as quatro últimas décadas de desenvolvimento do Ensino de Ciências e da Educação Ambiental. A hipótese norteadora do estudo é que o modelo problematizado é fruto da evolução da idéia de "planetização" (um jargão próprio) formulada no início da trajetória e depurada ao longo da mesma, servindo simultaneamente de seu elo unificador e horizonte. A matriz analítica utilizada é constituída de quatro categorias: as concepções de Ciência, Ambiente, Educação e Metodologia do Ensino, sendo esta última considerada uma resultante das três primeiras. A suposição foi confirmada, mostrando-se o desdobramento da planetização em vários sentidos e estágios de desenvolvimento, culminando no mais recente, onde aparece dando sustentação ao modelo de Ciências focalizado, sob a forma de sete diretrizes metodológicas. A principal e original contribuição do modelo preconizado parece situar-se no tratamento unificado das sete mencionadas diretrizes, que resulta numa particular concepção educacional de Ambiente e Ciência, onde o Ensino de Ciências é entendido como Educação Ambiental.

Abstract:This is a methodological curriculum proposal for the science teaching at the first leveI, which has the objectives of revealing the Environment and unveiling the Science, with the goal of overcoming the pre-existent models. The study questions the teaching methodology of the proposed model, aiming at the explanation of its origin and main theorical and technical-operational characteristics. A historical-retrospective investigation is conducted, focusing not only on the professional background of the author, but also on the groups and professional institutions he participated in, having the four last decades of science teaching and environmental education teaching development as scenery. The hypothesis that guides the study is that the model in question is the product of the evolution of the idea of "planetization"(jargon made up by the author) formulated in the beginning of his career and improved along the way, and it serves at same time as a unifying link and as its horizon.The analitical matrix used is made up of four categories: the conceptions of Science, Environment, Education and Teaching Methodology, being the last one considered a resultant of the other three. The supposition has been confmned, showing the unfolding of the planetization in several directions and stages of development, culminating in the most recent one, which supports the model of science teaching in focus, as seven methodological guidelines. The most important and unusual contribuition of the endorsed model seeems to be located in the unified treatement of the seven mentioned guidelines that result in a specific educational conception of Environment and Science, in which the science teaching is understood as environmental education.
Subject: Educação ambiental
Ciencia (Primeiro grau) - Currículos
Ciência (Primeiro grau) - Metodologia
Ciencia (Primeiro grau) - História
Geociencias - Ensino de primeiro grau
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1995
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Amaral_IvanAmorosinodo_D.pdf36.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.