Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252944
Type: TESE
Title: Recursos musicopterapicos para idosos : uma intervenção numa unidade basica de saude de Campinas/SP
Author: Gatti, Patricia, 1961-
Advisor: Dalgalarrondo, Paulo, 1960-
Abstract: Resumo: O presente estudo descreve o planejamento, implantação e avaliação de uma proposta de intervenção com recursos musicoterápicos num grupo de idosos, usuários de uma unidade básica de saúde, da periferia de Campinas. O critério de seleção foi de idosos com queixas de memória, mas não demenciados, com alterações cognitivas leves. O estudo teve prosseguimento, com duração aproximadamente por 6 meses, consistindo da coleta de dados individuais, do desenvolvimento da intervenção em grupo e da verificação dos efeitos na promoção de bem-estar subjetivo mediante os auto-relatos. Participaram do estudo 24 sujeitos, com idade entre 57 a 86 anos, de ambos os sexos, encaminhados por profissionais de saúde da unidade. Os dados foram coletados por meio de uma entrevista semi-estruturada denominada Inventário de Experiências Musicais (IEM), compreendendo: dados sóciodemográficos, preferências, receptividade e antecedentes musicais. A partir dos tipos e das frequências de respostas definiu-se um repertório musical para o desenvolvimento das práticas musicoterápicas. Buscou-se assim uma intervenção sensível e adequada às características e identidades culturais desse grupo. Além disso, fez-se para cada sujeito, uma avaliação da cognição através do Mini Exame do Estado Mental (MEEM). A intervenção visou a otimização da esfera cognitiva, promoveu a oportunidade de convívio e de participação social e cultural aos idosos. O conjunto das práticas foi compilado em um manual descritivo apresentando os vários recursos sonoro-rítmicomusicais utilizados. Estes visaram proporcionar estímulos à linguagem, memória, percepção auditiva e esquema corporal. Por fim, verificou-se através dos relatos, os efeitos no bem-estar subjetivo dos idosos que puderam ser categorizados em três domínios: afetos positivos, evocações e interação social. O resultado mostrou que a atividade musicoterápica culturalmente sensível é um instrumento bem aceito e benéfico para a promoção de bem-estar para idosos com queixas de memória e de baixo nível socio-econômico, num contexto de unidades básicas de saúde

Abstract: The current study describes the planning, implementation and assessment of a proposal for an intervention with music therapy resources on an elderly group, users of a basic health center in the peripheral suburbs of Campinas. The selection criteria were the elderly with light cognitive modification, non-demented people, and with complaints about memory. The study, which lasted 6 months, comprised the following phases: 1) data gathering individually, 2) intervention on group and 3) checking of the effects on subjective well-being promotion through self-reports. There were 24 subjects, aged 57-86 years, both sexes, referred by professionals from the center. The data were gathered through a semi-structured interview entitled musical experience inventory comprising: socio-demographic data, preferences, music background and receptivity. According to the frequency of the answers, a musical collection was defined for the development of music therapy practices, sensitive and adequate to the cultural features and identities of this group and also administered with Folstein's Mini Mental State Examination (MMSE, 1975). The intervention aimed at the optimization of cognitive sphere, opportunity of social contact and cultural participation of the elderly. The practices were compiled in a descriptive manual showing several sound rhythm musical resources used which aim at providing incentive to the language, memory, audio perception and body schema. At last, the effects in the subjective well-being of the elderly were verified, categorized in three domains: positive affects, social interaction and evocations. The result showed that the music therapy activity, culturally sensitive, is a helpful instrument to provide well-being for the elderly, in a context of basic health centers
Subject: Idosos
Musiocoterapia
Identidade
Bem-estar
Saúde pública
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gatti_Patricia_M.pdf2.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.