Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252925
Type: TESE
Title: Europa, Brasil e Sergipe : desvendando as trilhas da educação fisica
Author: Grunennvaldt, Ana Carrilho Romero
Advisor: Castanho, Sérgio Eduardo Montes, 1940-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa investiga a introdução da Educação Física nas propostas de reformulação educacional do Brasil, no período em que se deu a transição do Império para a Primeira República, estendendo-se até o início da era Vargas, a partir da análise de autores que expressavam os anseios por uma modernização burguesa do país via educação. Mantendo-se nessa perspectiva, o estudo abrange à legislação educacional sergipana que normatizou o ensino primário nas primeiras décadas republicanas. Apontava-se, a escola primária como instituição privilegiada para acelerar o processo que conduziria o país aos padrões internacionais de modernização, destacando-se, em vista disso, a Educação Física como um de seus componentes basilares. As fontes analisadas evidenciaram que a Educação Física ascendeu como uma questão fundamental para a Pedagogia, em decorrência de uma reação à educação tradicional, que priorizava os cuidados, quase exclusivos, com a formação mental ou espiritual do indivíduo, em detrimento das atenções imprescindíveis ao corpo. Manifestava-se uma nova perspectiva formativa, que aliava o desenvolvimento harmonioso do corpo ao do espírito, sustentando a argumentação favorável à educação integral, aliada às necessidades emergentes de condutas de corpos de cidadãos, que os adequasse às novas relações de produção capitalistas. A Educação Física tornou-se objeto de projetos de reformas educacionais que despertaram a atenção do Estado, de intelectuais e políticos, inclusive sergipanos, embora se constate que, em Sergipe, a realidade da rede de ensino dificultava o desenvolvimento das atividades e dos exercícios físicos que então se recomendavam. Conclui-se, enfim, que a disciplina em foco, já naquela época, passava a ser defendida como requisito fundamental para a formação integral do cidadão, pois potencializava a ação educativa na medida em que canalizava as energias vitais do indivíduo na direção social do processo produtivo

Abstract: The present research investigates the introduction of Physical Education into the proposals of an educational reform in Brazil, within the transitional period between the First Empire and the First Republic, extending to the beginning of the ¿Vargas¿ era, from the analysis of authors who expressed their craving for a ¿bourgeoisie¿ modernization of the country through education. Sustaining this perspective, the study includes the ¿sergipano¿ educational legislation which set the rules of primary education during the first republican decades. Primary school was appointed as a privileged institution which could accelerate the process that would lead the country to international standards of modernization, emphasizing Physical Education as one of its supporting components. The sources analyzed made it evident that Physical Education ascended as a fundamental issue for Pedagogy, as a reactive consequence towards traditional education, which prioritized almost exclusive attention to mental or spiritual development of the individual, to the detriment of indispensable attention to the body. A new perspective in education had been manifested, one which allied a harmonious development of the body to the spirit, sustaining a favorable argument towards full time education, allied to arising behavioral needs of a board of citizens, which would adjust them to the new terms of capitalist production. Physical Education became a purpose of educational reform projects which aroused the attention of the State, intellectuals and politicians, including ¿sergipanos¿, although it has been recorded that, in fact in Sergipe, the educational system raised difficulties to the development of activities and physical exercises, which were then recommended. In conclusion, the subject focused, at that time, had been defended as a fundamental requirement for the complete education of the citizen, since it empowered the educative action in proportion that it canalized the vital energies of the individual in the social direction of the productive process
Subject: Educação física - História - 1889-1930
Educação física - Sergipe - História
Reforma do ensino
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Grunennvaldt_AnaCarrilhoRomero_D.pdf425.9 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.