Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252923
Type: TESE
Title: Docentes no Congresso Nacional (5ª e 6ª Legislaturas -1963/1967
Author: Souza, Sauloeber Tarsio de
Advisor: Castanho, Sérgio Eduardo Montes, 1940-
Abstract: Resumo: A proposta deste trabalho surgiu de nosso interesse de pesquisa pela problemática dos docentes entendidos como intelectuais produtores da cultura e, portanto, construtores da hegemonia (no sentido gramsciano de busca do consenso). O período abordado, anos 60, representa, ao nosso ver, momento de intersecção de mudanças significativas iniciadas nos anos 30, e que aceleraram os fenômenos da urbanização e da industrialização, no Brasil, traduzidos como ¿modernização conservadora¿, quando se aprofundou a adoção de técnicas avançadas para a economia, mas com poucos ganhos nas áreas sociais. Para a execução desta pesquisa trabalhamos os dados sócio-econômicos das biografias dos 96 docentes eleitos para as legislaturas de 63 e 67, além de analisarmos sua formação acadêmica e aspectos culturais. O estudo de seus discursos no plenário possibilitou-nos desvelar certas ideologias às quais se filiavam, apontando também especificidades destes docentes inseridos nas esferas instituídas de poder. A análise biográfica, a partir dos dados sobre escolaridade, instituição formadora, profissão, partido, idade, etc., e a leitura de seus discursos voltados para as questões educacionais no plenário, contribuíram para o entendimento das conexões entre esses docentes e os grupos sociais dos quais se faziam representantes. Propiciou-nos, também, a análise de alguns aspectos do pensamento dos docentes em relação às ideologias hegemônicas no contexto de intensa polarização ideológica e de implantação do autoritarismo no cenário nacional, buscando o particular do docente legislador a partir de sua formação sócio-cultural e não somente considerando-se suas opções político-partidárias. Ficou evidente o caráter elitista e diletante predominante entre os indivíduos deste grupo o que acreditamos ser resultado da precária profissionalização e da pouca sindicalização do magistério, sobretudo de nível superior, que seriam reestruturadas com o advento da ditadura, nos anos 60

Abstract: The proposal of this work appeared of our interest of research about the professors understood as intellectual producers of the culture and, therefore, constructors of the hegemony (as Gramsci thought, in the way of search for the consensus). The boarded period, the Sixties, represent to us a moment of intersection of significant changes initiated in years 30, and that they had sped up the phenomena of the urbanization and industrialization, in Brazil, translated as "modernização conservadora", when if deepened the adoption of advanced techniques for the economy, but with few profits in the social areas. For the execution of this research we work the partner-economic data of the biographies of the 96 elect professors in years of 1963 and 1967, besides analyzing their academic formation and cultural aspects. The study of theirs speeches in the plenary assembly made possible reveal certain particular ideologies of this group inserted in the instituted structures of power. The biographical analysis, using the data on schooling, academic institutions, profession, political party, age, etc., and the reading of their speeches directed toward the educational questions in the plenary assembly, had contributed for the agreement of the connections between these professors and the social groups of which they represents. It also propitiated us the analysis of some aspects of the thought of the professors in relation to the hegemonic ideologies in the context of intense ideological polarization and implantation of the authoritarianism in the national scene, searching the particularly of these professors from its partner-cultural formation and not only considering its options politician-partisans. The elitist character of this group was evident what we believe to be resulted of the precarious professionalization and the bad syndicalization of the professors, that would be reorganized with the advent of the dictatorship, in Sixties
Subject: Docencia - História
Discurso politico
Biografia
Autoritarismo - Brasil - 1960
Ideologias - Aspectos políticos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_SauloeberTarsiode_D.pdf778.83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.