Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252707
Type: TESE
Title: Produção flexivel e degradação da força de trabalho no Brasil
Author: Gomes, Carlos Antônio, 1958-
Advisor: Leite, Márcia de Paula, 1948-
Abstract: Resumo: O presente trabalho analisa como os movimentos de precarização das relações de trabalho e de uso desgastante da força de trabalho ¿ implementados a partir da reestruturação produtiva e da adoção da agenda de políticas econômicas restritivas ¿ também se manifestam através da inflexão da qualidade geral da força de trabalho brasileira. Em princípio e a título do estabelecimento de comparações entre modelos de relações de trabalho, é feita uma revisita histórica à formação do padrão norte-americano de desenvolvimento - caracterizado pela comunhão entre a organização taylor-fordista do trabalho e a relação salarial fordista - edificado a partir de Bretton Woods. Na seqüência, analisa os sistemas produtivos dos países de capitalismo avançado, reestruturados a partir da Terceira Revolução Industrial e Tecnológica e dos novos métodos de produção flexível, comparando-os com o sistema brasileiro. Conclui que a tentativa de implementação do modelo japonês no Brasil tem esbarrado no conservadorismo empresarial, ao mesmo temo em que produzido um modelo industrial particular, idiossincrásico e, acima de tudo, predatório e desagregador das relações de trabalho. Sem se prender aos aspectos produtivistas, a análise envereda pelos aspectos políticos e sociais, chamando atenção para a degradação do mercado brasileiro de trabalho, que vem ocorrendo em função da adoção das políticas de adequação da produção à demanda, cujos principais sintomas são a brutal elevação do desemprego e o uso crescente das modalidades não-capitalistas de contratação de mão-de-obra. Conclui estabelecendo um indicativo de que a tais políticas estariam impactando negativamente na qualificação profissional dos trabalhadores, inflexionando a capacidade produtiva da força de trabalho no que diz respeito ao manuseio de sistemas avançados de agregação de valor, ao passo em que contribuindo ainda mais para o desvio da economia brasileira dos trilhos do desenvolvimento sustentado

Abstract: The present work analyzes as the movements of precarization of the work relations and of absorbing use of the work force of implemented from the productive reorganization and of the adoption of the agenda of restrictive economics politics also they are disclosed through the precarization of the general quality of the Brazilian force of work. In principle and the heading of the establishment of comparisons between models of work relations, is made one revisits historical to the formation of the North American standard of development - characterized for the communion it enters the taylor-fordista organization of the work and the fordista wage relation - built from Bretton Woods. In the sequence, it analyzes the productive systems of the countries of advanced capitalism, reorganized from the third industrial and technological revolution and of the new methods of flexible production, comparing them with the Brazilian system. It concludes that the attempt of implementation of the models Japanese in Brazil has collide in the conservative empresariable and produced particular a model industrial, idiosyncratic and above of everything, predatory and desaggregator of the work relations. Without if arresting to the aspects produtivists, the analysis guide for social the politics aspects and, calling for the degradation the Brazilian market of work, that comes occurring in function of the adoption of the politics of adequacy of the production to the demand, whose main symptoms are the brutal rise of unemployment and the increasing use of the modalities not-capitalists of man power act of contract. It concludes establishing an indicative of that to such politics they would be shocking negative in the professional qualification of the workers, inflectioning the productive capacity of the force of work in whom it says respect to the manuscript of advanced systems of value aggregation, to the step where contributing still more for the shunting line of the Brazilian economy of the tracks of the supported development
Subject: Ensino profissional
Mercado de trabalho
Qualificações profissionais
Produtividade do trabalho
Trabalho - Aspectos sociais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gomes_CarlosAntonio_M.pdf732.18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.