Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252613
Type: TESE
Title: Politica cultural na "nova republica" : perfil adotado pela Secretaria Municipal de Cultura de Uberlandia apresentado pela imprensa : 1984 a 1989 - 1989 a 1993
Author: Silva, Elsieni Coelho da
Advisor: Kossovitch, Elisa Angotti, 1942-
Abstract: Resumo: Tendo em vista o papel assumido como educadora, houve uma preocupação: entender o processo de formação cultural da população uberlandense, situada no Triângulo Mineiro, Minas Gerais.Entendendo que a política cultural pode vir a ser um dos caminhos determinantes nesse processo, procurou.se acompanhar, em especial, através da imprensa, o trabalho da Secretaria Municipal de Cultura de Uberlândia, implantada em janeiro de 1984. A partir de então, propôs-se uma análise comparativa do perfil da política cultural das duas primeiras gestões: 1984/89 e 1989/93. Um estudo de caso, no contexto da Política Cultural da "Nova República".A imprensa, como fonte documental, foi utilizada como o meio mais fácil de acesso e não o menos trabalhoso. Foi feito um levantamento sistemático dos assuntos publicados, constituindo, assim, o corpus discursivo para a análise, conforme anexo. Outros documentos serviram de suporte à leitura crítica contextual.Mesmo tendo feito outras consultas, estas não foram suficientes para a definição da linha de trabalho das secretárias em estudo. Isso implica dizer que o perfil que estará sendo apresentado é parcial. Corresponde ao discurso publicado pela imprensa, podendo ser acrescentado e, até mesmo, contradito, por outras fontes. Acredita-se que essa segunda possibilidade seja remota.Acatando sugestões, rompeu-se com a estrutura tradicional de monografia, em que se previa um capítulo de metodologia e outro de mapeamento teórico. Com isso, esses referenciais se integram à dissertação, resultante de uma pesquisa de campo. A estrutura encontra-se dividida em quatro capítulos.No primeiro, aborda-se o momento político que precedeu o desmembramento da Secretaria Municipal de Educação, que deu origem à Secretaria Municipal de Cultura. Pela primeira vez na história da cidade, a cultura deixa de ser um apêndice de outras secretarias.No segundo capítulo faz-se a análise de documentos complementares, como os projetos dos Encontros de Política Cultural, atividade mais destacada pela imprensa. Em seguida, através da análise do discurso publicado na imprensa, procura-se apontar elementos que constituem o perfil da política cultural da gestão 1 984/89.No terceiro capítulo, que constitui o perfil da política cultural, gestão 1989/93, busca-se seguir os procedimentos adotados no segundo capítulo, substituindo o enfoque dos Encontros pelo dos Festivais de Dança, quando se buscou seguir os projetos dos mesmos, para fazer uma análise. Tais projetos, entretanto, não foram encontrados.No quarto capítulo, apresenta-se um quadro comparativo apontando semelhanças e diferenças entre as políticas culturais, conforme análise, das duas gestões. Embora o trabalho tenha suas limitações, acredita-se que ele possa contribuir para os estudos futuros sobre política cultural, assim como para a reflexão sobre procedimentos de pesquisa, pois só a materialização da análise de dados permite uma revisão de idéias
Subject: Cultura
Política cultural
Democracia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_ElsieniCoelhoda_M.pdf16.41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.