Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252503
Type: TESE
Title: Amizade no contexto escolar
Author: Tortella, Jussara Cristina Barboza
Advisor: Assis, Orly Zucatto Mantovani de, 1939-
Abstract: Resumo: Este trabalho parte de uma reflexão acerca das dificuldades que caracterizam as relações interpessoais em nossa sociedade nos dias de hoje. Tem por objetivo um estudo das representações que as crianças fazem de suas concepções de amizade, quando participam de um ambiente educacional que lhes propicia a oportunidade de refletir sobre este tema em momentos distintos. O problema que norte ou a realização da pesquisa pode ser assim formulado: Como crianças entre 5 - 6 anos de idade, que freqüentam uma classe de PROEPRE (Programa de Educação Pré-Escolar), entendem a noção de amizade? Buscou-se na Psicologia Genética de Jean Piaget os fundamentos teóricos para que se pudesse compreender o papel que as relações interindividuais, a cooperação, o egocentrismo do pensamento e sua descentração desempenham na construção dessa noção. Partindo-se da problemática de conhecer os mecanismos que as cnanças utilizam ao representar a noção de amizade, formulou-se a hipótese diretriz da presente pesquisa: as crianças constroem a noção de amizade e quando solicitadas a darem definições sobre esta noção, apresentam um conjunto de características comuns à faixa etária estudada: apresentam dificuldade em dar defInições; utilizam defInições funcionais ou por conveniência para explicar o que entendem por amigo; não conseguem perceber as relações como independentes do lugar; nas relações de amizade, o egocentrismo predomina, difIculdade em estabelecer relações de multiplicação lógica; considera como amigos os seus pares que cumprem regras. Para comprovação de nossa hipótese, realizamos um estudo de caso em uma classe de EMEI que adota o PROEPRE. A coleta de dados contou com dois momentos: 1. entrevista com alunos, individualmente, tendo por objetivo fazer um levantamento das noções que a criança possui sobre a amizade e as relações decorrentes desta. Para analisar esta entrevista, utilizamos o método clínico de Piaget. 2. acompanhamento da pesquisadora das atividades coletivas realizadas pelas crianças dessa classe. Na análise dessas atividades, procurou-se destacar os principais aspectos de cada uma delas, agrupando-as, para que os resultados pudessem dar uma visão global da noção que a criança tem acerca da amizade e dos demais conceitos que estão relacionados a essa noção. A análise qualitativa dos resultados permitiram compreender a noção que as crianças possuem sobre amizade, comprovando nossa hipótese de que as noções que envolvem relações vão demonstrar características de sua faixa etária. Confrontamos também os resultados da pesquisa com o de outros pesquisadores, que fIzeram investigações sobre o tema e, fInalmente, extraímos implicações pedagógicas dos resultados encontrados

Abstract: This work was bom from a reflection about the difficulties that characterize the interpersonal relationships in our society these days. It aims to study the representations that children make on their conceptions about friendship, when they participate in an educational environment that afford them the opportunity to reflect about this issue in different moments. The problem that oriented the making of the research may be formulated as follows: How do five and six years old children, that attend a PROEPRE (Programa de Educação Pré-Escolar e de 1° Grau) (Program of Preschool and Junior High School Education) class, understand the notion of friendship ? The theorical fundaments were searched in the Genetic Psychology of Jean Piaget in order to understand the role that interindividual relationships, cooperation, egocentrism of thought and its descent ring have in the building of such notion. Coming from the problematic of knowing the mechanisms that children utilize when representing the notion of friendship, the driving hypothesis of the current research was formulated: the children build the notion of friendship and when asked to give definitions about such notion, they present a set of common characteristics to the studied age-group: they pose difficulty in giving definitions; they utilize functional or by convenience definitions to explain what they understand as friend; they can't envisage the relationships as independent from the place; in the relationships of friendship, egocentrism predominates, there is difficulty in establishing relationships of logic multiplication; they consider as friends their peers that accept the miles. T o prove our hypothesis, we made a case study in an EMEl classroom that employs the PROEPRE (Programa de Educação Pré-Escolar e de 10 Grau) (Program of Preschool and Junior High School Education). The gathering of data was done in two moments: 1. interview with students, individually, aiming to make a survey of the notions that the child has about friendship and the relationships coming from it. To analyze that interview, we used the clinical method of Piaget. 2. follow up by the researcher of the team activities pursued by the children in that class. ln the analysis of those activities, it was emphasized the main aspects of each one of them, grouping them, in order to the results to be able to give a global view of the notion that the child has about friendship and the other concepts that are related to such notion. The qualitative analysis of the results allowed us to understand the notion that children have about friendship, proving our hypothesis that the notions that involve relationships will demonstrate characteristics of the group-age. We also confronted the results of the research with other researcher¿s, that investigated the issue and family we extracted the pedagogical implications of the found results
Subject: Piaget, Jean, 1896-1980
Amizade
Desenvolvimento social
Afeto (Psicologia)
Relações humanas
Construtivismo (Educação)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tortella_JussaraCristinaBarboza_M.pdf14.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.