Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252493
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Relações entre sono e desempenho cognitivo em uma amostra de idosos residentes na comunidade : estudo PENSA
Title Alternative: Relations between patterns sleep and cognitive performance in a sample of community dwelling older adults PENSA study
Author: Oliveira, Beatriz Helena Domingos
Advisor: Yassuda, Mônica Sanches
Abstract: Resumo: Com o processo de envelhecimento humano observam-se alterações em características do sono e no desempenho cognitivo. O objetivo do presente trabalho foi investigar a associação e o efeito de alterações e transtornos do sono sobre funções cognitivas como memória, linguagem, praxia visuo-construtiva e funções executivas, bem como a relação de todas estas variáveis com características sócio-econômicas. A amostra foi composta por 158 idosos (idade entre 60 e 99 anos; M= 70,2; DP=8,2) residentes na comunidade da cidade de Juiz de Fora ¿ MG, integrantes do Estudo dos Processos de Envelhecimento Saudável (PENSA). Foram utilizados subtestes da bateria do Consortium Estabilish a Registry for Alzheimer¿ Disease - CERAD (Morris et al., 1987) e o questionário Mini-Sleep (Zomer et al., 1985). Pelas análises multivariadas observou-se que maior freqüência de sintomas de insônia esteve associada a pior desempenho em fluência verbal, e ainda, por uma análise regressão múltipla observou-se que maior escolaridade, menor idade e menor freqüência de sintomas de insônia são preditores de melhor desempenho cognitivo, com maior efeito da variável escolaridade. Os resultados do presente estudo corroboram os dados de pesquisas nacionais e internacionais, apontando assim para a necessidade de uma maior atenção ao impacto de transtornos do sono e variáveis sócio-demográficos sobre funções cognitivas na velhice

Abstract: Along with the aging process changes in sleep patterns and in cognitive performance are observed. The objective of the present study was to investigate the association and the effect of sleep changes and sleep disturbances on cognitive functions such as memory, language, constructional praxis and executive functions, as well as the relation of the cognitive and sleep variables to the socio-economic variables. The studied sample was formed by 158 community dwelling older adults from Juiz de Fora ¿ MG (age range from 60 to 99; M = 70,2; SD = 8,2), participants in the Estudo dos Processos do Envelhecimento Saudável (PENSA). Sub-tests from the CERAD battery Consortium to Estabilish a Registry for Alzheimer¿ Disease - CERAD (Morris et al., 1987) and the Mini-Sleep Questionary (Zomer et al., 1985) were selected for these analyses. Multivariate analyses indicated that higher frequency of insomnia symptoms was associated with worse verbal fluency performance, and multiple regression analyses suggested that higher education, lower age and lower frequency of insomnia symptoms are predictors of better cognitive performance, with stronger impact of years of education. Results from the present study confirm previous national and international research, indicating the need for more attention to the impact of sleep disturbances and socioeconomic variables on cognitive aging
Subject: Cognição
Sono
Envelhecimento
Neuropsicologia
Insonia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_BeatrizHelenaDomingos_M.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.