Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252482
Type: TESE
Title: Relação entre função visual e capacidade funcional na velhice
Title Alternative: Relation between visual function and functional capacity in the old age
Author: Borges, Sheila de Melo
Advisor: Cintra, Fernanda Aparecida, 1957-
Abstract: Resumo: A prevalência da deficiência visual na população idosa é alta. A acuidade visual diminuída tem repercussões importantes na função visual e na capacidade funcional dos idosos. Objetivo - O objetivo do trabalho foi a avaliar a relação entre função visual e capacidade funcional em idosos em seguimento ambulatorial. Método - Foram entrevistados, por meio de instrumento próprio, 64 idosos em seguimento ambulatorial num hospital universitário. Os sujeitos foram divididos em dois grupos, conforme os valores obtidos na medida da AV: o grupo I composto pelos idosos com visão normal ou próxima do normal, e o grupo II formado por aqueles com baixa visão. Os dados foram submetidos à análise univariada, buscando-se as tendências da distribuição das diversas variáveis e os valores de posição e de dispersão de cada variável. Foram realizadas correlações bivariadas entre as variáveis, a fim de identificar as seguintes relações: 1. Entre os grupos (I e II) e os indicadores da condição visual (questões extraídas do instrumento NEI VFQ-25); 2. Entre os grupos (I e II) e a capacidade funcional (Medida da Independência Funcional ¿ MIF; Atividades Instrumentais de Vida Diária - AIVDs; Atividades Expandidas de Vida Diária ¿ AEVDs); 3. Entre indicadores da condição visual e a capacidade funcional. Na análise de covariância multivariada buscou-se verificar a influência das variáveis da função visual sobre as variáveis da capacidade funcional nos idosos. Resultados - Foram observadas diferenças significativas entre os idosos com visão normal ou próxima do normal (grupo I) e aqueles com baixa visão (grupo II), com respeito às variáveis: escolaridade (menor escolaridade no grupo II), indicadores da condição visual (menor auto percepção da visão, maior frustração, insegurança, limitação e dependência no grupo II), e AIVDs (menor escore ou maior dependência no grupo II). Observou-se, ainda, influência entre as variáveis da função visual (AV com os indicadores da condição visual), e entre AV com as AIVDs, sendo esta a única relação significativamente observada entre AV e os instrumentos de capacidade funcional utilizados nesse estudo. Conclusão ¿ houve influência da função visual na capacidade funcional nos idosos pesquisados
Abstact: The prevalence of visual deficiency in elderly people is high. The visual acuity reduced (VA) has important repercussions in the visual function and the functional capacity of the elderly. Objective - the objective is to evaluate the relation between the visual function and the functional capacity of the elderly in clinical segment. Method ¿ through own instruments, sixty-four elderly men and women were interviewed in clinical segment at an academic hospital. They were then divided into two groups in accordance to the values that were obtained through the measure of the VA: the first group consisted of elderly people with normal vision or close to the normal, and the second group was formed of those with low vision. The data were sent to the univariate analysis, looking for the tendencies of distribution of the diverse variables and the values of the position and dispersion of each variable. Bivariate correlations were made between the variables in order to identify the following relations: among the groups (I and II) and the indicators of visual condition (questions extracted from the NEI VFQ-25 instrument); among the groups (I and II) and the functional capacity (Functional Independence Measure ¿ FIM; Instrumental Activities of the Daily Life - IADL; Expanded Activities of Daily Life¿ EADL); among the indicators of the visual condition and the functional capacity. In the co-variance multivaried analysis to verify the influence of the variables of the visual function above the functional capacity of the elderly. Results ¿ significant differences between the elderly with normal vision or close to the normal (group I) and those with low vision (group II) were found: 1.educational level (lower in the second group); 2.indicators of the visual condition (lower autoperception of the vision, higher frustration, insecurity, limitation and dependence in the second group); 3.and IADL (lower score or higher dependence in the second group) It was also noticed the influence among the variables of the visual function (VA with the indicators of the visual condition), and between VA with the IADL, being this the only relation significantly observed between VA and the instruments of functional capacity utilized in this study. Conclusion ¿ the visual function has influence on the functional capacity of the elderly examined.
Subject: Acuidade visual
Capacidade funcional
Envelhecimento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Borges_SheiladeMelo_M.pdf622.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.