Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252473
Type: TESE
Title: Filosofia, estetica e educação : a dança como construção social e pratica educativa
Title Alternative: Philosophy, aesthetics and education: dance as a social construction and educational practice
Author: De Pellegrin, Ana
Advisor: Nunes, Cesar Apareciddo, 1959-
Abstract: Resumo: Nos tempos atuais, a dança incorpora-se definitivamente ao campo investigativo e reflexivo, institucional e acadêmico, por ser uma das mais ricas expressões culturais e civilizatórias. A partir de uma inspiração histórica e filosófica pretendemos, com este trabalho, defender a possibilidade de novas conjunções entre a dança, a escola, a vida política, as questões econômicas, os lugares sociais e as múltiplas expressões da cultura. Partindo das representações discursivas e simbólicas que configuram as múltiplas identidades da dança na sociedade de imagens, pretendemos comprovar que tais representações são uma miríade de simulacros estéticos sujeitos a uma apropriação fragmentada, definida pela condição de classe e sua conseqüente consciência. Em seguida propusemos uma releitura necessária e possível da tradição pedagógica grega, definida como ideal educativo helênico ou Paidéia Grega. Por fim, definimos possibilidades de uma releitura da tradição estética moderna, articulando-a com a práxis educativa, de modo a vislumbrar a potencialidade da refundação desse ideal a partir de novas configurações e novos sujeitos sociais e pedagógicos: a dança como parte orgânica de uma nova Paidéia, numa nova escola. Na sociedade de classes essas novas configurações são possíveis apenas como articulações críticas, como resistências educacionais e políticas. Essa nova condição somente será plenamente possível numa outra sociedade, onde o trabalho represente de fato o fundamento ontológico da emancipação humana

Abstract: Nowadays dance has definitely become part of the research, reflexive, institutional and academic field, as one of the richest cultural and civilizatory expressions. From a historical and philosophical inspiration we intended, with this research, to defend the possibility of new articulations among dance, school, political life, economic questions, social places and the multiple expressions of culture. From speech and symbolic representations which configure the multiple identities of dance in the society of images, we intended to testify that those representations are a myriad of aesthetical simulacra, subjcted to fragmented apropriations, defined by social conditions of class and its consequential consciousness. Then we developed a necessary and possible rereading of the Greek pedagogical tradition defined as the Hellenic ideal of education or Greek Paideia. At last, we defined possibilities of a rereading of the modern aesthetics tradition, articulating it with the educative praxis, in order to identify the pontentiality of the refoundation of this ideal from new conceptions and new social and pedagogical subjects: the dance as an organic part of a new Paideia, in a new school. In the class society these new configurations are possible only as critical approaches, as political and educational resistences. This new condition will only be entirely possible in another society, where labor represents plenarily the ontological fundament of human emancipation
Subject: Dança
Educação
Filosofia
Sociedade
Estética
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
DePellegrin_Ana_D.pdf765.25 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.