Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252282
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Cursos de ciencias para professores do 1. grau : elementos para uma politica de formação continuada
Author: Gouveia, Mariley Simões Floria, 1937-
Advisor: Freitas, Luiz Carlos de, 1947-
Freitas, Luiz Carlos de
Abstract: Resumo: Essa pesquisa tem como final'idade resgatar parte da história (1960-1990) dos cursos de Ciências para professores do 10. grau. O estudo é realizado em três niveis espaço-temporais. Um primeiro nivel geral, onde Slio abordados aspectos da politica educacional e do ensino de Ciências; outro, mais especifico, trata dos cursos de Ciências e da inovação do ensino de Ciências no contexto geral do nivel anterior; finalmente, o nivel particular do cotidiano docente do pesquisador é analisado no corte histórico dos outros dois niveis. Falar de nós mesmos, de nosso processo de mudança, de nossa trajetória, enquanto sujeitos anônimos da história, parece não ser permitido. Apesar dessas considerações, resolvi analisar o meu envolvimento com os cursos para professores e o movimento de inovação no ensino de Ciências. A intenção foi entender o papel dos cursos de Ciências no seu contexto histórico. A história de quem vivencia determinadas situações é diferente daquela de quem apenas as estuda. Registro neste estudo passagens por algumas instituições, interpretando como cada uma contribuiu para a melhoria do ensino de Ciências e para a minha formação profissional. Procurei entender a contribuição de cada uma com reflexões e análises inseridas no contexto social em que aconteceram. Esta foi a maneira que encontrei para entender os problemas metodológicos da formação continuada no ensino de Ciências. O certo e o errado adquirem outro significado e para os problemas educacionais, abrem-se novos horizontes de estudos. As questões educacionais não podem ser analisadas apenas nos limites das escolas. As relações que nelas se estabelecem transcendem os muros escolares, por isso precisam ser buscadas na relação homemsociedade. O trabàlho ,procura questionar as estratégias de aperfeiçoamento usadas no âmbito do ensino de Ciências, via de regra desgarradas do cotidiano escolar e fornecer elementos para que esta impor,tante atividade de formação continuada passe a ser pensada de maneira mais abrangente e eficaz. Procurei no decorrer das minhas reflexões, dialogar com alguns historiadores, filósofos, sociólogos, pedagogos, todos estudiosos dos fenômenos educacionais, buscando ensinamentos que ajudassem esclarecer as verdades e mitos do meu cotidiano. O trabalho foi estruturado com uma Introduç8.o e mais quatro Capi tulos. Na Introduoão são declaradas as intenções e a metodologia do estudo. O Capitulo I traz um pouco da história da educação e do ensino de Ciências, no periodo de 1960 a 1990. No Capitulo 11 procuro relacionar o Ensino de Ciências com os Cursos de Ciências e analisá-los no contexto histórico em que foram praticados. No' Capitulo 111 analiso a minha prática docente relacionando com os dois estudos anteriores. No caminhar da história, busco alternativas para os cursos de Ciências e para o meu cotidiano, que possam contribuir para transformações duradouras no Ensino de Ciências para o 1° grau
Subject: Ciência - Estudo e ensino (Primeiro grau) - 1960-1990
Educação permanente
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1992
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gouveia_MarileySimoesFloria_D.pdf30.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.