Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/252014
Type: TESE
Title: Estudos do lazer no Brasil : apropriação da obra de Marx e Engels
Title Alternative: Leisure studies in Brazil: Marx and Engels appropriation
Author: Peixoto, Elza Margarida de Mendonça
Advisor: Lombardi, José Claudinei, 1953-
Abstract: Resumo : Há no Brasil um conjunto de estudos multidisciplinares preocupados com a ocupação do tempo livre, reconhecidos genericamente como ¿estudos do lazer¿. Tais estudos originam-se no início do século XX, em um complexo movimento de implementação de políticas e sistematização de conhecimentos que viabilizassem a regulamentação da duração da jornada de trabalho e a tutela do tempo livre (de crianças e adultos trabalhadores) gerado em decorrência da regulamentação dos repousos remunerados. Tal movimento ocorre como parte das ações de reação da burguesia mundial a fim de conter as mobilizações dos trabalhadores brasileiros no início do século e os avanços do comunismo no mundo. Os estudos do lazer são desenvolvidos ao longo de todo o século XX, intensificando-se a partir da década de 70, impulsionados pelo Sistema ¿S¿. Partindo-se do pressuposto de que a noção de trabalho tem centralidade na compreensão do lazer, bem como, reconhecendo em Marx uma referência central para a compreensão do trabalho, propusemo-nos observar a apropriação da obra deste autor pelos estudos do lazer brasileiros. Os textos delimitados são trabalhos completos apresentados em eventos, artigos e livros (ou capítulos), disseminados durante os séculos XX e XXI, em periódicos e editoras de circulação nacional. Estes textos referentes à apropriação da obra de Marx no âmbito dos estudos do lazer - cujo desenvolvimento teórico encontra-se inacabado - apresentam aos leitores a instigante questão das perspectivas do trabalho e do lazer, da necessidade e da liberdade na sociedade capitalista e na comunista. Apropriando-me destes referenciais, propomo-nos a apresentar uma reflexão crítica quanto à apropriação já efetuada, além de buscar teorizar sobre as possibilidades que a obra de Marx e Engels nos apresentam para a compreensão da problemática do lazer
Abstract : There are in Brazil a set of multidisciplinary studies, generically known as ¿leisure studies¿, concerned about taking up the free time. Such studies arise in the thirties of the twentieth century, in a complex movement of policies implementation and systematization of knowledge which could make it viable the regulation of the duration of a day¿s work, and the custody of the free time (of children and working adults) generated due to the regulation of the remunerated rest. Such movement happens as part of the actions of the world bourgeoisie¿s reaction in order to Brazilian workers¿ mobilizations in the beginning of the century and the advances of communism in the world. Leisure studies were developed all through the twentieth century, becoming more intense as from the seventies, stimulated by the ¿S¿ System. Based on the presupposition that the notion of work is centralized in the understanding of leisure, as well as recognizing in Marx a central reference for the understanding of work, it was our purpose to observe the appropriation of this author¿s work by Brazilian leisure studies. The delimited texts are complete works presented in events, papers and books (or chapters) disseminated during the 20th and 21st centuries, in periodicals and publishers of national circulation. These texts concerning the appropriation of Marx¿s works in the scope of the leisure studies ¿ whose theoretical development is still unfinished ¿ present to the readers the instigating question of work and leisure perspectives, of the need and freedom in the capitalist as well as in the communist societies. Appropriating these references, it is our purpose to present a critical reflection concerning the appropriation which has already been accomplished, besides intending to theorize upon the possibilities that Marx¿ and Engels¿ work show us for the understanding of the leisure problem
Subject: Marx, Karl
Engels, Friedrich
Educação
Historia - México - Sec. XVI-XX
Produção do conhecimento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Peixoto_ElzaMargaridadeMendonca_D.pdf3.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.