Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251810
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: O lugar da educação na filosofia de Espinosa
Title Alternative: The place of the education in the Espinosa's philosophy
Author: Oliveira, Fernando Bonadia de
Advisor: Gallo, Sílvio, 1963-
Gallo, Silvio Donizetti de Oliveira
Abstract: Resumo: Este trabalho pretende dar a conhecer quais são os lugares que o tema ¿educação¿ ocupa no pensamento do filósofo holandês moderno Bento de Espinosa (1632-1677). Através de uma pesquisa bibliográfico-analítica, engendrou-se uma leitura pedagógica da obra espinosana que não a concebe como fonte de fundamentos que possam servir de base para teorias pedagógicas, mas como território a ser conhecido desde a Pedagogia. Sendo que esta tarefa exigiu, previamente, a compreensão de como o espinosismo estava colocado na história, o primeiro capítulo dedica-se a mostrar as origens histórico-filosóficas do pensamento de Espinosa a partir de sua consideração da filosofia de René Descartes (1596-1650). Caracterizando a filosofia da educação cartesiana ¿ do ponto de vista epistemológico e metafísico ¿ como aquela que se funda, por meio do cogito ergo sum, em ¿primeira pessoa¿, define-se a posição filosófico-educacional de Espinosa como aquela que parte da idéia verdadeira de Deus e afirma o pensamento humano em ¿terceira pessoa¿, através do enunciado homo cogitat. Após este percurso inicial, leva-se a exame, no segundo capítulo, a presença da educação nos escritos de Espinosa. São consideradas, a esta altura, as seguintes obras: Tratado da Emenda do Intelecto, Breve Tratado, Princípios da Filosofia Cartesiana, Tratado Teológico-Político, Tratado Político e Compêndio de Gramática Hebraica. Mostrando em que medida a educação aí se faz presente, realiza-se, no terceiro capítulo, um estudo da educação exclusivamente na Ética, o livro central do filósofo holandês. O estudo chega à conclusão de que a educação perpassa todas as obras deste filósofo, atingindo sua mais detalhada e profunda expressão nesta última. Conclui-se, em termos gerais, que a educação presente no pensamento de Espinosa se revela como meio para a constituição do homem livre, isto é, aquele que vive pela condução de sua própria razão. Finalmente, este estudo apresenta três apêndices que envolvem, respectivamente, considerações sobre o léxico educacional de Espinosa, um mapa da presença do nome educatio e do verbo educare no corpus spinozanum e uma lista descritiva dos trabalhos encontrados até o ano de 2008 que têm por objetivo relacionar a filosofia de Espinosa com a educação

Abstract: This work intents to evidence which places the theme "education" takes place on Bento de Espinosa¿s philosophical thought. Throughout a bibliographic-analytic research, a pedagogical reading of espinosian work happens, which does not conceives it as a source of fundaments that could be used as a pedagogical theory base, but as a ground to be known from the Pedagogy. This task demanded, previously, a comprehension on how espinosism was placed on history; the first chapter works on showing the historical-philosophical sources of Espinosa¿s thoughts, from his consideration on René Descartes (1586 ¿ 1650). Characterizing Cartesian education philosophy ¿ from the epistemological and metaphysical point of view ¿ as one which bases itself on "fist person" (cogito ergo sum), we define the position of Espinosa¿s education-philosophical as the one which goes from the truth idea of God to a affirmation of the human though on the "third person", through the homo cogitate expression. After this initial trajectory, we take into account, on second chapter, the presence of the education on Espinosa¿s work. The following works are considered on this point: On the Improvement of the Understanding, Short Treatise, Principles of Cartesian Philosophy, A Theologico-Political Treatise, A Political Treatise and Compendium of the Grammar of the Hebrew Language. Showing how the education is presented, we accomplish, on third chapter, an exclusively education study on Ethics. The study concludes that education passes by all the works of this philosopher, going to its deepest and most specifying consideration on Ethics. We conclude, generality, that the education presented on Espinosa¿s thought revels itself, as a way for the creation of the free man, that is, the one who lives from his own reason conduction. Finally, this work presents three appendixes that include, respectively, considerations about Espinosa¿s educational lexicon, a map with the presence of the noun educatio and the verb educare on corpus espinosanum and a descriptive list of the woks found up to 2008, which the objective is to relate Espinosa¿s philosophy with education
Subject: Spinoza, Benedictus de, 1632-1677
Educação
Educação - Filosofia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: OLIVEIRA, Fernando Bonadia de. O lugar da educação na filosofia de Espinosa. 2008. 115 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/251810>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_FernandoBonadiade_M.pdf787.4 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.