Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251731
Type: TESE
Title: Das imagens identitarias da pedagogia ao oficio de pedagogo : traçados nomades
Title Alternative: From the identitary images in pedagogy to the work of the work of the tachers : nomadic traces
Author: Silva, Glaucia Maria Figueiredo
Advisor: Gallo, Silvio Donizetty de Oliveira
Abstract: Resumo: O objetivo deste trabalho é o de recolocar a problemática da identidade dos Pedagogos e da Pedagogia na contemporaneidade, através de outras bases analíticas. Trata-se de uma metodologia investigativa, reflexiva, conceitual e imanente, a partir das filosofias de Gilles Deleuze e Félix Guattari, e, mesmo sendo desenvolvida majoritariamente apoiada na teoria referida, não desconsidera a natureza prática do tema. Na obra Diferença e Repetição, Deleuze faz uma radical crítica à Filosofia da Representação, ou seja, o solo em que surge e se fixa a Identidade, tanto em seu sentido clássico, como em suas derivações contemporâneas. Para defender sua tese acerca da manifestação da Diferença em seu estado puro, Deleuze perverte e ataca todas e quaisquer formas de submissão do diferencial pela representação. Nesse contexto, a identidade, aqui, é abordada em perpétua relação com a Diferença. Ao utilizar a via da Imagem para confirmar esta relação Identidade-Diferença, constata-se que não se revelam mais Identidades em seu sentido estrito, mas produzem-se Imagens Identitárias em cada um dos territórios que vão efetuar a 'captura idêntido-imagética' da Pedagogia e seus profissionais. Nesses mesmos territórios, também são traçadas Linhas de Fuga que permitem, então, a dinâmica de desterritorialização dos elementos em voga. A partir das produções criativas e criadoras dessas fugas, surgem os traçados nômades, que ensejam à Pedagogia não somente a potência intensiva de uma Geopedagogia, como também a força de suas expressões singularmente experienciais. Destas duas forças-potências provêm dois elementos fundamentais nesta dinâmica cartográfica: os elementos variantes advindos do caos da Pedagogia, qual sejam, as ensinagens cotidianas, e seu elemento complementar, o acontecimento do aprendizar. Ambas as particularidades experienciantes surgem de uma Pedagogia em seu estado minoritário, pois advêm de desejos coletivos que estarão em conformidade com a presença de um Pedagogocelibatário em ação.

Abstract: The object of this study is to relocate the problematic of teacher/pedagogue and Pedagogy identity in the contemporary times, according to the latest analytical basis. Na investigative, reflexive, conceptual and immanent methodology will be used, based on the philosophy of Gilles Deleuze and Félix Guattari, and it does not disconsider the practical nature of the theme, even when developed in the majoritarian way. In Difference and Repetition, Deleuze radically criticizes the Philosophy of Representation, the grounds for the growth and the establishment of Identity, in its classical sense and in its contemporary derivations. In order to prove his ideas on the manifestation of Difference in its pure state, Deleuze perverts and attacks each and every form of submission of the differential to representation. In this context, identity is considered in constant relation to Difference. When Images are taken to confirm this relation between Identity-Difference, Identities are no longer revealed in their strict meanings, but Identitary Images are produced in each of the territories that are going to undertake the identity-imagetic captures of Pedagogy and the professionals involved with it. In these territories, Lines of Flight are traced, and these provoke the dynamics of desterritorialization of elements in place. In these creative and creating scapes the nomadic traces take place, and they give Pedagogy not only the Intensity potency of Geopedagogy, but also the strength of expressions that are singularly experiential. These two strengths/potencies come out of two basic foundations of a dynamic mapping: variable elements from the chaos of Pedagogy, or its regular teachings, and its matching element, the event of apprentice-learning. Both are experiential features, and they take place in Pedagogy in a minority state, for they come from collective desires which are in conformity with the presence of a celibate-pedagogue in action.
Subject: Educação
Imagem
Identidade
Nomades
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_GlauciaMariaFigueiredo_D.pdf7.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.