Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251648
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A construção do conhecimento em crianças com dificuldades em matematica, utilizando o jogo de regras Mancala
Title Alternative: The knowledge construction of children who show difficulties in mathematics, by means of the Mancala games of rules
Author: Dias, Leticia Pires
Advisor: Brenelli, Rosely Palermo, 1949-
Abstract: Resumo: Baseada na Teoria Psicogenética de Jean Piaget, esta pesquisa pretende analisar as etapas de aquisição e do domínio referentes às regras e às estratégias do jogo Mancala, na modalidade Kalah, em crianças que apresentam dificuldades em matemática e em crianças que não apresentam dificuldades nessa área de conhecimento. Mais especificamente está fundamentada em: identificar nos dois grupos de participantes os conhecimentos prévios relativos às operações aritméticas e noção de conservação de quantidades discretas implícitas no jogo; analisar os erros relativos às regras e estratégias; analisar os argumentos apresentados nas sessões de intervenção e comparar a evolução de desempenho no jogo dos dois grupos de participantes. Foram selecionadas, por meio da indicação das professoras, 24 crianças, doze com dificuldades em matemática (Grupo A) e doze que não apresentam dificuldades nessa área de conhecimento (Grupo B), com idade de 9 anos e 10 anos, estudantes de 3a série do ensino fundamental de uma escola pública do interior do estado de São Paulo. Ocorreram seis sessões individuais com cada participante, duas vezes por semana, com tempo médio de 50 minutos cada uma. A Experimentadora jogou 13 partidas com cada criança e, na primeira sessão, propôs questões aritméticas e noção de conservação de quantidades discretas implícitas no jogo. Em seguida, explicou todas as regras do jogo, e houve a realização de uma partida. Na segunda sessão, houve relato das regras de forma mais sucinta e ocorreram quatro partidas a fim de aprender a jogar. Da terceira sessão à sexta, aconteceram duas partidas em cada encontro, nas quais a experimentadora trabalhou questões de três estilos e finalidades diferentes - perguntas de exploração das regras, planejamento das jogadas e justificação das estratégias. O procedimento de análise de dados consistiu em: avaliação das respostas das crianças às questões aritméticas e noção de conservação de quantidades discretas implícitas no jogo; identificação e classificação dos tipos de erros de estratégias e de regras cometidos pelas crianças durante as partidas; categorização das respostas relatadas pelos participantes durante as sessões de intervenção; comparação da quantidade e tipo de erros cometidos e das respostas dos dois grupos de participantes. Houve uma tendência de queda no percentual de erros de regras, o que não ficou evidente em relação ao percentual de erros de estratégia. Na comparação da primeira partida com a oitava por meio do jogo, verificouse que o Grupo A apresentou uma melhoria significativa em relação às estratégias, e o Grupo B, em relação às regras. Nos erros de regras houve um maior percentual no Grupo A durante as partidas. Não foi constatada diferença estatisticamente significativa entre os grupos em relação ao percentual dos erros de estratégia; entretanto, observou-se que as crianças do Grupo B tomaram consciência dos erros mais rapidamente do que as do outro grupo e que a qualidade dos tipos deerros cometidos indicou procedimentos com um nível de complexidade maior. O Grupo B apresentou respostas mais bem elaboradas em relação às regras, às estratégias e à antecipação

Abstract: Based on Jean Piaget's Psychogenetics Theory, this research aims at the analysis of the steps of acquisition as well as the knowledge that refers to the rules and the strategies of Mancala game, following the Kalah model. This analysis is applied on children who show difficulties dealing with Mathematics, and also the ones who don't show any difficulty in this area of knowledge. It is more specifically based on: identify the previous knowledge related to arithmetical calculations in both groups as well as the notion of conservation of discreet amounts implied in the game; analyze the mistakes related to the rules and strategies; analyze the arguments presented in the intervention section and compare the improvement evolution of the game between the two groups of participants. Twenty four children were selected, twelve presented difficulties in Mathematics (group A) and the other twelve had no difficulty in this area of knowledge (group B), aged 9 and 10 years, students of the third year of Elementary School belonging to a public school of a small town in the state of São Paulo. The participants of both groups were selected by the children's teacher. Six individual sessions were accomplished with each participant, twice a week. Each session lasted for about 50 minutes. The researcher played 13 games with each child. On the first session, arithmetic problems were proposed together with the notion of conservation of discreet amounts implicit in the game. Then, all the game rules were transmitted and the game was played. On the second session the rules were related in a summarized way and the game was played four times so that the children could learn it. From the third to the sixth session, the game was played twice each meeting, when the researcher worked questions of three different targets and styles - questions to explore the rules, plan the games and justify the strategies. The procedure of analysis of data consisted of: evaluating the children's answers to the questions of arithmetic as well as notion of conservation of discreet amounts implicit in the game; identifying and classifying the types of strategic and rule errors made by the children during the game; categorizing the answers related by the participants during the sessions of intervention; comparing the quantity and kind of errors made as well as the answers given by the two groups of participants. There was a tendency of fall in the percentage of errors of rules, but not related to the percentage of strategic errors. Comparing the first to the eighth time the game was played, it was evident that Group A showed a significant improvement related to strategies and Group B improved the rules. The biggest percentage in the errors of rules in the games was concentrated in Group A. It was not statistically demonstrated any significant difference related to the percentage of strategic errors between the groups. Nevertheless, it was observed that children belonging to group B were aware of the errors faster than the other group and that the quality of types of errors made indicated procedures with a highest level of complexity. Group B provided better answers related to the rules, the strategies as well as the anticipation.
Subject: Piaget, Jean, 1896-1980
Distrubios da aprendizagem
Jogos - Regras
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: DIAS, Leticia Pires. A construção do conhecimento em crianças com dificuldades em matematica, utilizando o jogo de regras Mancala. 2009. 163 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/251648>. Acesso em: 15 ago. 2018.
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dias_LeticiaPires_M.pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.