Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251496
Type: TESE
Title: Politicas sociais de atendimento a infancia e juventude : o caso da Fundação Abrinq
Title Alternative: The social policy of infant-juvenile attendance : the case of the Abrinc Foundation
Author: Passone, Eric Ferdinando Kanai, 1976-
Advisor: Perez, José Roberto Rus, 1956-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa situa-se no campo de análises de políticas públicas ao dedicar-se ao estudo da emergência de "novos" atores da sociedade civil no espaço público e no atendimento às políticas públicas de atendimento infanto-juvenil junto ao Estado. O objetivo desse trabalho foi analisar a atuação da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente na sua relação com o Estado e as políticas de atendimento infanto-juvenil no contexto brasileiro de desestabilização estatal. Como resultados dessa pesquisa, podemos destacar a posição da Fundação Abrinq, enquanto ator social, como diferente de grupos e entidades sem fins lucrativos que atuam no chamado "terceiro setor" ou espaço público "não- estatal". Enquanto nestes, há grupos e organizações que criticam a ineficiência do Estado, e colocam a supremacia do mercado e da sociedade civil como substitutos potenciais do Estado, a ação política da Fundação se caracteriza pela noção de diálogo, mobilização e participação inter e intra-institucionais, visando à capacitação estatal, o monitoramento de políticas públicas, o fortalecimento da gestão governamental, a qualificação do debate eleitoral sobre as políticas de atendimento da criança e do adolescente e o fortalecimento da sociedade civil.

Abstract: In the field of analyses of public politics, this research is situated and dedicated to the study about the emergence of new actors of the civil society in the public space and the attendance to the public politics of infant-juvenile with the state. The object of this work was to analyze the performance of the Abrinq Foundation for the rights of child and adolescent in the relation with the state and the politics of infant-juvenile attendance in the Brazilian context of unstable state. As results of this research, we can emphasize the position of the Abrinq Foundation? As a social actor that differs from groups and entities without lucrative interests acting in the so called "third sector" or "non-state" public space. Meanwhile, there are groups and organizations that criticize the inefficiency of the State, putting the supremacy of the market and the civil society as potential substitutes of the State. The political action of the foundation, characterized by dialogue, mobilization, participation inter-institutional, that is aiming at qualification of the state, the monitoring of public politics, the reinforcement of the governmental management, the qualification of the electoral debate about the attendance policy for child, adolescent and the reinforcement of the civil society.
Subject: Fundação Abrinq
Políticas públicas
Educação
Democratização
Assistência a menores
Participação democrática
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Passone_EricFerdinandoKanai_M.pdf40.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.