Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251460
Type: TESE
Title: Bandas de musica, imigração italiana e educação musical : o corpo musicale "Umberto I" de Serra Negra, uma localidade interiorana com forte presença italiana
Title Alternative: Music band, Italian immigration and musical education : the corpo musicale "Umberto I" from Serra Negra, a country locality with strong Italian presence
Author: Silva, Claudia Felipe da
Advisor: Simson, Olga Rodrigues de Moraes von, 1943-
Abstract: Resumo: A pesquisa reconstrói o papel das bandas de música na vida social brasileira através da análise de uma bibliografia acadêmica produzida em vários locais do Brasil. O foco principal, entretanto, foi reconstruir a origem de uma banda de música, formada em 1898 por imigrantes italianos no interior paulista: o Corpo Musicale "Umberto I" da cidade de Serra Negra e salientar a importância de sua atividade musical para os membros da comunidade italiana e para a cidade e região. Essa instituição musical foi-se modificando ao longo do tempo, passando a receber em seus quadros músicos brasileiros, não só aqueles de ascendência italiana. Ela manteve porém, um forte vínculo com a tradição italiana, tanto através de seu repertório, como pela forte relação com a "Societá de Mutua Assistenzia Fra Italiani". Suas atividades foram encerradas em 1942, quando seus bens foram confiscados pelo Governo Federal, dentro do processo de nacionalização engendrado durante a Segunda Guerra Mundial. A "Umberto I" foi responsável pela formação de várias gerações de instrumentistas, compositores, professores e maestros, contribuindo assim para a transmissão do conhecimento musical, pois alguns músicos pertencentes a uma mesma família tornaram-se referência no ensino musical na cidade de Serra Negra, como os "Lugli", os "Dallari", os "Lamari", os "Mattedi" e os "Perondini". Após seu encerramento, os antigos integrantes fundaram em 1945 a Corporaçãoo Musical "Lira de Serra Negra" e, em 1957, a Corporação Musical "Renato Perondini". Atualmente a única banda da cidade é a "Lira de Serra Negra" que herdou o legado do Corpo Musicale "Umberto I", incluindo parte do seu acervo de partituras. Ela vem mantendo de forma ininterrupta a presença da música na vida da comunidade local desde 1898, contribuindo assim para o aprendizado das novas gerações de instrumentistas e para a formação de um público apreciador da boa música.

Abstract: The research rebuilds the role of the music bands into brazilian social life through analysis of an academic bibliography produced in several places in Brazil. The main focus, however, was to rebuild the origin of a music band formed in 1898 by Italian immigrants in interior of Sao Paulo, the Corpo Musicale "Umberto I" from Serra Negra town, and to point the importance of its musical activity to the members of italian community and to the town and to the region. This musical institution has been changed throughout the time, starting to accept Brazilian musicians in its staff, not only ones from Italy. It kept however a strong link with italian tradition, both through its repertoire and through the strong relation with the Societá de Mutua Assistenzia Fra Italiani". Its activities has been finished in 1942, when its possessions has been seized by Federal Government, inside the process of nationalization engined during the Second World War. "Umberto I" was responsible for formation of several generations of instrumental players and composers and teachers and conductors, contributing so to the transmission of musical knowledge because some musicians, belong to one same family, became reference to the music teaching in Serra Negra town, like the "Lugli", the "Dallaris", the "Lamaris", the "Mattedis" and the "Perondinis". After its end, the old components founded, in 1945, the musical corporation "Lira de Serra Negra" and, in 1957, the Musical Corporation "Renato Perondini". Actually the only one band in the town is "Lira de Serra Negra" that inherited the legacy of "Corpo Musicale Umberto I", including part of its collection of scores. It has been keeping in a unstopped way the presence of the Music into local community life since 1898, therefore it is contributing to learning of the new generations of instrumental players and to the formation of a public who appreciates the good music.
Subject: Bandas (Música)
Italianos - Migração
Educação musical
História oral
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_ClaudiaFelipeda_M.pdf34.55 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.