Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251436
Type: TESE
Title: Praticas fonoaudiologicas : Uma visão compreensiva
Author: Marchesan, Irene Queiroz
Advisor: Moyses, Sarita Maria Affonso, 1948-
Abstract: Resumo: Práticas fonoaudiológicas: uma visão compreensiva o trabalho discute algumas práticas da fonoaudiologia a partir do que é realizado em terapia pela maioria dos profissionais. A orientação para mudanças de hábitos alimentares foi o ponto de partida. Foram realizados dois questionários. Um foi aplicado em 202 fonoaudiólogos na tentativa de compreender como e por que eles faziam orientações alimentares. O segundo questionário foi aplicado em 697 crianças e seus respectivos pais, com o intuito de conhecer quais são os alimentos mais utilizados nos dias atuais. Procura se mostrar que apesar destas orientações serem quase sempre utilizadas, nem sempre são efetivas. Mesmo assim, os profissionais permanecem com esta prática de orientação. Qual seria a razão de práticas como estas continuarem sendo realizadas mesmo quando não são efetivas? Este trabalho procura mostrar a dificuldade que existe para se mudar o que é estabelecido como regra dentro de uma profissão; as relações de poder que existem entre os profissionais; os medos envolvidos em qualquer mudança ou, ainda, como os profissionais de uma determinada profissão estão engajados em um Jogo com regras bastante explícitas, as quais não devem ser desrespeitadas

Abstract: Speech Therapy Practices: A Comprehensive Vision The work discusses practices in speech therapy as from what is being realized by most professionals. An orientation for changes in eating habits was the starting point. Two questionnaires have been applied. One of them was applied to 202 speech therapists on an attempt to understand how and why their eating habit orientations have been devised. lhe second questionnaire was applied to 697 children and their parents on an attempt to find out which types C?!food they have been eating. lhe findings try to show that although those orientations are regularly utilizecl, not always are theyeifective. Even so, professiollals stil/ keep those orientation practices. What makes projessiollals keep those ineifective practices? The work tries to show the existing difficulty ill changingfixed rules in a certain professioll; relations of power among professionals; reluctallce to changes ar, still, how certaill groups of professiollals get illvolved ill a game with very explicit rules that canllot be broken
Subject: Fonoaudiologia
Hábitos orais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Marchesan_IreneQueiroz_D.pdf17.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.