Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251417
Type: TESE
Title: Jovens : da ONG para o trabalho? = escolarização, trabalho e trajetórias de jovens de classes populares de Campinas/SP
Title Alternative: Youth : from the ONG to work? : schooling, work and trajectories of lower youth from Campinas/SP, Brazil
Author: Mandetta, Fernanda de Araújo
Advisor: Souza, Aparecida Neri de, 1952-
Abstract: Resumo: O objetivo desta pesquisa é reconstruir a trajetória de jovens de camadas populares, analisando suas experiências de escolarização, educação não formal, inserção no mercado de trabalho, assim como as expectativas quanto ao futuro. Metodologicamente, a pesquisa trabalha com história oral registrando as múltiplas visões sobre o passado que permitem construir ou reconstruir os processos identitários de um grupo de jovens da periferia urbana do distrito de Sousas em Campinas, no Estado de São Paulo. Os jovens entrevistados foram selecionados dentre aqueles que tiveram participação no projeto Educação Não Formal, Memória e Cidadania: os Distritos de Campinas/SP e nas oficinas de educação não formal desenvolvidas, em 2005, pelo Centro de Memória da Unicamp (CMU) e que continuam ligados à organização não governamental Centro Comunitário Irmãos André (Cecoia), localizado no distrito de Sousas (Campinas, Estado de São Paulo). Estes jovens, oriundos de grupos sociais de baixa renda, habitam espaços urbanos degradados, têm percursos escolares dispares, com inserção intermitente no mercado de trabalho, sonham em poder ter empregos estáveis e decentes, isto é, trabalho que seja portador de sentido, qualificado. Também sonham em continuar estudando, como possibilidade de mobilidade social e de conquista de uma profissão. Finalmente, a pesquisa evidencia que a metodologia da história oral possibilita transformações não só no pesquisador, mas também nos sujeitos pesquisados.

Abstract: This present research aims to reconstruct the trajectory of the lower classes youth by means of analyzing not only their schooling experiences, non-formal education, insertion in the work market, but also their expectations to the future. The research is carried out using the oral history, recording the multiple views about the past which allows to construct and reconstruct the identity processes of a youth group from the urban suburb of Sousas in the city of Campinas, State of São Paulo. The interviewed youths were selected from the ones who attended the project Non Formal Education, Memory and Citizenship: the Districts of Campinas/SP and in the non formal education workshops carried out in 2005 by Centro de Memória da Unicamp (Memory Center of Unicamp - CMU) and are still linked to the non governmental organization Centro Comunitário Irmãos André (Cecoia), located in the district of Sousas (Campinas, State of São Paulo). These youths coming from lower income social groups live in degraded urban places, where the routes to school are calamitous, with intermittent insertion in the work market, dreaming of getting stable and decent jobs, that means, significant and qualified job. They also dream about continuing studying as a possibility of social mobility and achievement in getting a job. Ultimately, the research evidences that the oral history methodology allows transformation not only to the individual subjected to this research but also to the researchers.
Subject: Jovens
Escolarização
Mercado de trabalho
Educação não-formal
História oral
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mandetta_FernandadeAraujo_M.pdf1.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.