Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251371
Type: TESE
Title: A relação entre a família e a creche pública no cuidado e na educação das crianças
Title Alternative: The relationships betwee family and public day care center in children's education and care
Author: Oliveira, Maria das Graças, 1963-
Advisor: Almeida, Ana Maria Fonseca de, 1963-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa teve como objetivo analisar como as relações entre as famílias e as creches públicas são construídas no cotidiano. A investigação foi realizada em duas Unidades Municipais de Educação Infantil (UMEIs), na cidade de Belo Horizonte, em turmas de crianças de zero a três anos de idade. Foram analisados os espaços criados pelas UMEIs para se relacionarem com as famílias das crianças, e também o formato desses espaços. Procurou-se ainda desvelar os significados e as expectativas das famílias e das educadoras infantis sobre a função da creche, no contexto atual. A construção dos dados e a sua análise se basearam nas abordagens dos autores Pierre Bourdieu e Remi Lenoir sobre a família e o Estado e nos estudos de Norbert Elias sobre as relações de interdependência dessas duas instituições. A coleta de dados incluiu a observação, as gravações, em áudio, de entrevistas semiestruturadas e a aplicação de questionários. Além disso, foi realizada a análise dos documentos produzidos pelas instituições (Projeto Político-Pedagógico, correspondências, projetos pedagógicos) e pelo poder público (legislação de regulamentação da Educação Infantil no Município e a criação da carreira do Educador Infantil e das Unidades Municipais de Educação Infantil). A análise dos dados possibilitou verificar que as duas UMEIs investigadas têm a participação das famílias no cotidiano das creches como um dos princípios estabelecidos por seus Projetos Político-Pedagógicos. A partir disso, elas desenvolvem ações que incluem o acompanhamento das crianças na sala de atividades pelas famílias e a participação destas em eventos, como as festas, as reuniões e as atividades extraescolares (passeatas, excursões, seminários). Esses eventos, muitas vezes, têm por objetivo a formação das famílias sobre as práticas de educação e de cuidado desenvolvidas na creche e sobre as regras de funcionamento dessa instituição. Nesse processo de construção das relações cotidianas entre a creche pública e as famílias, o profissional da coordenação pedagógica tem um papel importante na forma de lidar com os conflitos e as tensões que surgem. A noção de cuidado e de educação, nas práticas docentes, na creche, permeia essa constituição cotidiana dos atores sociais. O caráter polissêmico dos termos cuidar e educar contribui, de forma significativa, para que aconteçam desencontros entre as concepções das famílias e das educadoras infantis acerca do conteúdo e do formato das ações cotidianas com as crianças. Percebeu-se ainda que as famílias das crianças matriculadas nas UMEIs valorizam as ações de cuidado e de educação desenvolvidas na creche, a habilitação profissional das educadoras infantis e o espaço físico da instituição. Para elas as UMEIs se constituem em espaços adequados para seus filhos frequentarem. Assim, as famílias, as educadoras infantis e as crianças constroem, cotidianamente, uma tessitura particular para a prática pedagógica da creche que envolva as ações de cuidar e de educar nas relações de interdependência que desenvolvem nas UMEIs.

Abstract: The aim of this investigation was to analyze how the relationships between families and public day care centers are built in the quotidian. The research was carried out in two Early Childhood Municipal Units (UMEIs) in Belo Horizonte, specifically in the classrooms of 0 to 3 year-old children. The spaces, and also the format of these spaces, created by the UMEIs to relate with the children's families were analyzed. The meanings and expectations of families and educators about the purpose of early childhood education came to light. The data construction and analysis were based upon the approaches about family and state by Bourdieu and Lenoir, and also upon the interdependency relationships studies by Elias. The data collection included classroom observation, semi-structured interviews, and questionnaires. It was also analyzed the institutions documents (Pedagogical and Political Project, mails and pedagogical projects) and government documents (early childhood municipal legislation, the new career of early childhood educators and the creation of the UMEIS). The data analysis made possible to verify that the two UMEIS investigated have as one of their Pedagogical and Political principles the families' participation in the institutions everyday lives. In order to do that the institutions include the families in their children's classroom activities, in events like parties, meetings and extra-curriculum activities (field trips, seminars, marches) Frequently, these events have as their main goal the training of the families about educational and care practices developed by the institutions and also about their rules. In the process of building everyday relationships between the families and the public institutions, the pedagogical coordinator has an important role as he is the one who deals with the conflicts and tensions that arise. The concept of care and education in the educators' practices influence the everyday constitution of the social actors. The polysemous concept of education and care contributes in a meaningful way to the conflicts between the families' and the educators' conceptions about the content and the format of the everyday actions with the children. It was also noted that the children's families value the education and care actions developed in the institutions, the educators' diploma, and the physical space of the institutions. To these families, the UMEIs are perceived as a good place to their children. Therefore, families, educators and children daily weave a particular web in which the pedagogical practice involves the actions of education and care in an interdependent way.
Subject: Unidade Municipal de Educação Infantil (UMEIs)
Educação de crianças
Educadores
Creches - Belo Horizonte
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_MariadasGracas_D.pdf3.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.