Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251279
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Chão de pedras, céu de estrelas = o museu-escola do Museu da Inconfidência, Ouro Preto, década de 1980
Title Alternative: Stoned ground, sky of stars : the school-museum of the "Museu da Inconfidência", Ouro Preto - Brazil, decade of 1980
Author: Cunha, Nara Rúbia de Carvalho, 1978-
Advisor: Galzerani, Maria Carolina Bovério, 1949-
Abstract: Resumo: Neste trabalho analiso o projeto educativo chamado Museu-Escola, desenvolvido no Museu da Inconfidência em Ouro Preto-MG. Ao recortar os anos oitenta como período de análise, procurei inserir o Museu-Escola em seu cenário de criação: a conquista do título de Patrimônio Histórico Cultural da Humanidade pela cidade de Ouro Preto, e a crescente demanda por memórias, vistas ora como direito, ora como mercadoria, tanto no Brasil quanto no mundo. Neste sentido, tal projeto educativo é focalizado em seu engendramento histórico na relação com a cidade e os debates mais amplos que permeiam as noções de memória e patrimônio. Ao mesmo tempo, as características metodológicas do Museu-Escola são analisadas em diálogo com as contribuições teórico metodológicas do historiador Peter Gay e do filósofo Walter Benjamin, o que permite situá-las no debate sobre a educação política dos sentidos na modernidade capitalista. Por esta via, o Museu-Escola é visto como uma ação educativa a contrapelo das tendências, as quais têm priorizado, nos campos da memória e do patrimônio, as relações de distanciamento entre sujeitos e bens culturais. E, no diálogo com as contribuições do historiador Edward Palmer Thompson, o Museu-Escola foi compreendido como ação educativa que se constituiu na relação com o(s) outro(s) e com as contigências sócio-politico-econômico-culturais nas quais se encontrava inserido.

Abstract: In this paper I analyze the educational project called School-Museum, developed in the "Museu da Inconfidência" museum in Ouro Preto - Brazil. I approached the eighties as the period of analysis in order to insert the School-Museum on its scenario of creation: the Ouro Preto city entitlement as UNESCO Word Heritage site, and the crescent demand for memories, sometimes seen as a right, sometime as a product, either in Brazil or in the whole world. In this respect, such educational project is focused on its historical engendering in the relation with the city and the broadest debates that penetrate the notions of memory and heritage. Simultaneously, the methodological characteristics of the School-Museum are analyzed into dialogue with the theoretical methodological contribution from the historian Peter Gay and the philosopher Walter Benjamin, what allow us to place such characteristics in the debate on the education of the senses in the capitalist modernity. By this means, the School-Museum is seen as an educative action against the grain of the tendencies, which have prioritized, in the fields of memory and heritage, the relations of detachment between cultural agents and goods. And, into dialogue with the contribution of historian Edward Palmer Thompson, the School-Museum was understood as educative action constituted on its relationship with other(s) and with the social-politic-economic-cultural contingencies in which it was inserted.
Subject: Educação dos sentidos
Cidades e vilas
Memória
Educação
Experiência
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cunha_NaraRubiadeCarvalho_M.pdf3.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.