Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251244
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Um escritor e ilustrador (Odilon Moraes), uma editora (Cosac Naify) : criação e fabricação de livros de literatura infantil
Title Alternative: A writer and ilolustrator (Olilon Moraes), a public house (Cosac Naify) : creation and production of infantile literature books
Author: Dalcin, Andrea Rodrigues, 1974-
Advisor: Ferreira, Norma Sandra de Almeida, 1950-
Abstract: Resumo: Este trabalho tem como propósito conhecer o processo de criação e produção de livros de literatura infantil, pela visão do autor e ilustrador Odilon Moraes. O corpus é constituído por três obras publicadas pela Editora Cosac Naify, escritas e ilustradas pelo referido autor: "A Princesinha Medrosa" (2ª edição, 2008), "Pedro e Lua" (2004) e "O Presente" (2010). A pesquisa se volta para as singularidades dos modos de criação e produção, a partir da análise das representações e concepções de criança, literatura e arte que concebem um determinado jogo circunscrito no polo da produção, por este autor e esta editora. Para tanto, levantamos as seguintes interrogações: no caso da literatura infantil, como as representações do leitor infantil são sugeridas no momento da criação das obras pelos autores? Como é o jogo, no polo da produção, quando pensamos neste autor e nesta editora? Como este jogo questiona (ou não) o jogo habitual ancorado em uma sociedade de mercado e de consumo? Para buscarmos respostas, tomamos como fontes documentais entrevistas com o autor, com Isabel Lopes Coelho, editora do catálogo de literatura infantojuvenil da Cosac Naify, e com Maria Carolina Sampaio de Araújo, designer. Nessa direção, o trabalho tem seu procedimento metodológico ancorado nas entrevistas realizadas, nas análises dos livros selecionados e em buscas realizadas em bancos de pesquisa sobre teses e dissertações a respeito do tema "literatura infantil". Contribuições teóricas advindas da História Cultural (Chartier, 1990 e 2001) nos mostram que ao tomarmos os sujeitos envolvidos nesses processos como fontes e objetos de nossa investigação adentramos no campo das representações próprias de um tempo ou de um espaço. Ao pensarmos com a liberdade (sempre condicionada) de cada sujeito, Certeau (2007) nos oferece contribuições sobre os modos de pesquisar, bem como um aprofundamento nas discussões acerca das estratégias de quem detém o poder (a editora). Em Ginzburg (1989, 2006), teremos contribuições para o estudo de um caso particular (um autor, uma editora), que pode ser representativo de um determinado tempo histórico. Com Norbert Elias (2001), teremos contribuições trazidas pela Sociologia a estudarmos não um autor e uma editora em particular, mas a função deste autor e desta editora não na ação de fabricar um livro, mas na constituição de uma rede ou um jogo no qual eles estão inscritos. Já Scott e Nikolajeva (2011), Hunt (2010) e Linden (2011) trazem contribuições ao panorama atual da literatura infantil. Arroyo (1988), Coelho (2010), Lajolo e Zilberman (2007) situam esta pesquisa no tempo e espaço, a partir de um panorama histórico.

Abstract: This report has the purpose of knowing the creation process and production of infantile literature books, through the author and illustrator Odilon Moraes' view. The corpus is composed by three works published by Cosac Naify Publish House, written and illustrated by the cited author: "A Princesinha Medrosa" (2nd edition, 2008), "Pedro e Lua" (2004) and "O Presente" (2010). The research turns to the singularity of the ways of creation and production, through the analysis of child's representations and conceptions, literature and art which conceive a certain circumscribed game in the production pole, by this author and this publish house. To get these conclusions, it was raised the following questions: in the case of infantile literature, how are the infantile reader's representations suggested in the moment of the work creation by the authors? How's the game in the production pole when we think of this author and this publish house? How does this game question (or not) the habitual game tied to a market and consumption society? To seek answers, we take as documentary source, the interviews with the author; with Isabel Lopes Coelho, editor of the children and teenager literature catalogue by Cosac Naify, and with Maria Carolina Sampaio de Araújo, designer. On this way, the report has its methodological procedure tied to the performed interviews, the analysis on the chosen books, the pursuit in many research sources about thesis and dissertations once elaborated on the theme ?infantile literature?. Some contributions that came from Culture History (Chartier, 1990 e 2001) show that if we take the people involved in these processes as sources and objects of our investigation, we enter the field of own representations of a time or of a space. Thinking with the freedom (always conditioned) of each person, Certeau (2007) offers us contributions about the ways of researching, as well as a deepening in the discussions about the strategies of whom detains the power (the publish house). In Ginzburg (1989, 2006), we have contributions for the study of a particular case (an author, a publish house), that may be representative of a certain historical time. With Norbert Elias (2001), we have contributions brought by Sociology when we study not an author and a publish house in particular, but the function of this author and this publish house not in the action of making a book, but in the constitution of a net or a game in which they are inscribed. Scott and Nikolajeva (2011), Hunt (2010), Linden (2011) bring contributions to current overview of infantile literature. Arroyo (1988), Coelho (2010), Lajolo and Zilberman (2007) place this research in time and space, through a historical overview.
Subject: Livro infantil
Literatura infantojuvenil
Produção de livros texto
Crianças
Editores e editoras
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: DALCIN, Andrea Rodrigues. Um escritor e ilustrador (Odilon Moraes), uma editora (Cosac Naify): criação e fabricação de livros de literatura infantil. 2013. 224 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/251244>. Acesso em: 22 ago. 2018.
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dalcin_AndreaRodrigues_M.pdf5.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.