Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251129
Type: TESE
Title: Crítica à produção do conhecimento sobre a educação do campo no Brasil = teses e antíteses sobre a educação dos trabalhadores no início do século XXI
Title Alternative: Critical for the production of knowledge on the field of education in Brazil : thesis and antithesis on the education of workers in the XXI century
Author: Albuquerque, Joelma de Oliveira, 1981-
Advisor: Sanchez Gamboa, Silvio Ancisar, 1949-
Gamboa, Sílvio Ancizar Sanchez
Abstract: Resumo: A presente tese se refere à problemática mais geral da formação humana, em particular a formação dos trabalhadores do campo no início do século XXI - um período pré-revolucionário. O objeto da crítica foram 433 teses e dissertações produzidas entre 1987 e 2009 que abordam a problemática da educação no meio rural no Brasil. Questionamos sobre os fundamentos gnosiológicos e ontológicos relacionados à teoria do conhecimento, educacional e pedagógica das teses e dissertações acerca da educação no meio rural no Brasil, e quais limites e possibilidades apresentam para a formação da classe trabalhadora neste período histórico de transição a outro modo de produção. O objetivo foi desenvolver uma análise crítica de teses e dissertações sobre a educação no meio rural no Brasil, no que diz respeito às teorias do conhecimento, educacional e pedagógica sobre a qual estão assentadas, apontando antíteses sobre tendências para a educação dos trabalhadores no processo de transição a outro modo de produção, especialmente no que diz respeito à base técnica e científica do trabalho. A crítica se pautou nas hipóteses: a) a produção científica em Educação do Campo no Brasil apresenta como base técnica e científica dimensões idealizadas do real, desconsiderando as características do modo de produção, do grau de desenvolvimento das forças produtivas, das relações de produção, da base técnica e científica do trabalho, o que entrava o desenvolvimento teórico sobre a Educação do Campo. b) a produção do conhecimento em Educação do Campo no Brasil apresenta antíteses a partir das quais é possível identificar contribuições significativas acerca da necessidade e possibilidade da base técnica e científica do trabalho como um eixo para a educação dos trabalhadores no processo de transição a outro modo de produção. Defendemos que o aspecto estruturante de uma proposta educacional para a classe trabalhadora em luta que almeja a transformação social radical para além do capital se relaciona com a educação escolarizada de acesso a todos, centrada na apropriação da base técnica e científica do trabalho e das relações sociais que o determinam.

Abstract: This thesis refers to the more general issue of human development, particularly the training of field workers in the early twenty-first century - a pre-revolutionary period. The objects of criticism were 433 theses and dissertations produced between 1987 and 2009 that address the issue of education in rural areas in Brazil. We question the gnosiological and ontological foundations related to the educational, pedagogical and knowledge theory of theses and dissertations on education in rural areas in Brazil, and which limits and possibilities do they present for the formation of the working class in this historic period of transition to another production mode. The goal was to develop a critical analysis of theses and dissertations on education in rural areas in Brazil, regarding to the educational, pedagogical and knowledge theories on which they are seated, pointing antitheses on trends for the education of workers in the transition process to another production mode, especially regarding to the technical and scientific basis of the work. The Criticism has centered on the following hypotheses: a) the scientific production on the Field Education in Brazil is based on technical and scientific dimensions of the idealized reality, ignoring the characteristics of the production mode, the degree of development of the productive forces, the production relations, the technical and scientific basis of the work, which affects the theoretical development on the Field Education. b) the knowledge production on Field Education in Brazil shows the antithesis from which it is possible to identify significant contributions regarding to the need and possibility of scientific and technical basis of the work as an axis to education of employees in the transition to another production mode. We argue that the structuring aspect of an educational proposal for the struggling working class that aims the radical social transformation beyond the capital relates to the schooled education access to everybody, focused on the appropriation of scientific and technical basis of labor and social relations which determine it.
Subject: Epistemologia
Educação rural
Produção cientifica
Trabalhadores - Educação
Formação humana
Produção do conhecimento
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Albuquerque_JoelmadeOliveira_D.pdf1.73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.