Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251117
Type: TESE
Title: Narrativas docentes em diálogo com a contextualização no ensino de química : práticas curriculares em escolas do município de Paulínia/SP
Title Alternative: Teachers narratives in dialogue with the teaching of chemistry in context : curricular practices in schools in Paulínia/SP
Author: Silva, Carlos Augusto da, 1971-
Advisor: Petrucci-Rosa, Maria Inês, 1962-
Rosa, Maria Inês de Freitas Petrucci dos Santos, 1962-
Abstract: Resumo: Este trabalho investiga maneiras de compreensão da noção de contextualização no ensino, presente em documentos curriculares oficiais destinados ao Ensino Médio, principalmente, nos Parâmetros Curriculares Nacionais (BRASIL, 2000). A partir do modelo interpretativo do ciclo de políticas de Stephen Ball, são focalizados o contexto de influência, o contexto de produção de textos e o contexto de prática, buscou-se indícios de permeabilidades discursivas acerca da contextualização no ensino de química. A pesquisa está focada nas narrativas de sete professores de química, que exercem a docência num contexto específico que é a rede pública de escolas de Paulínia - SP. Essa cidade é conhecida como um importante polo petroquímico e que abriga também um conjunto de indústrias químicas, o que justificaria uma contextualização no ensino de Química voltada para tal cultura. As entrevistas foram tratadas do ponto de vista metodológico, tendo como referência o conceito de narrativa presente na obra de W. Benjamin. Como resultados, constata-se que a contextualização no ensino se dá num espectro de significações que abrange desde o seu entendimento como vivência cotidiana até como preparação para o mundo do trabalho. Percebeu-se também dificuldades na penetração do discurso da contextualização nas práticas curriculares expressas. Como conclusão, é possível depreender as dificuldades vivenciadas por esses professores que, mesmo percebendo o contexto significativo e importante da cultura local, não conseguem articulá-lo às suas práticas.

Abstract: This work investigates ways of understanding the notion of situated learning, present in official curriculum documents for the school, especially in the National Curriculum Parameters (BRASIL,2000). From the interpretive model of the policy cycle of Stephen Ball, are focused on the context of text production and the context of practice, we sought evidence about the permeabilities discursive context in the teaching of chemistry. The research is focused on the narratives of seven experienced teachers engaged in teaching chemistry in a specific context is that the public schools Paulínia - SP This city is known as a major petrochemical complex which also houses a number of chemical industries, the to warrant a contextualisation in teaching chemistry toward that culture. Interviews were treated the methodological point of view, with reference to the concept of narrative present in the work of W. Benjamin. As a result, it appears that the situated learning occurs in a spectrum of meanings that extends from your daily life to understanding how to prepare for the world of work. It was also perceived difficulties in penetrating the discourse of curriculum practices expressed in contextualization. In conclusion, it is possible to deduce the difficulties experienced by these teachers even realizing important and meaningful context of local culture, they can not articulate it to their practices.
Subject: Currículos
Contextualização
Narrativas
Química - Estudo e ensino
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_CarlosAugustoda_M.pdf1.73 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.