Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/251093
Type: TESE
Title: Cursos superiores universitários = formação de educadores do campo
Title Alternative: Superior university courses : training of educators in the field
Author: Zancanella, Yolanda, 1956-
Advisor: Gohn, Maria da Gloria Marcondes, 1947-
Abstract: Resumo: O objetivo central da tese é compreender o significado da formação superior universitária para integrantes de movimentos sociais do campo a partir das características atribuídas, por eles, a essa formação. Para tanto, analisa a relação dos movimentos sociais e a universidade e o modo como os alunos advindos de movimentos sociais se relacionam com produção do conhecimento na universidade. A tese apresenta um panorama do quadro de oferta deste tipo cursos de cursos no Brasil na atualidade e faz um estudo de caso sobre o Curso de Pedagogia para Educadores do Campo da Universidade Estadual do Oeste do Paraná Unioeste/Incra/MST. O processo de investigação identificou um aumento na oferta de cursos de Pedagogia para Educadores e Licenciaturas para a Educação do Campo, como parte das alterações no ensino superior universitário na última década. Atualmente, treze universidades públicas nacionais oferecem esses cursos. Eles buscam as especificidades da cultura do campo, constituem uma renovação pedagógica frente à Educação Rural até então preconizada e mantida pelo Estado. Os novos cursos propõem experiências que recriam o conhecimento considerando os saberes construídos coletivamente pelos movimentos sociais. O objetivo final deles é formar professores para atuarem em escolas de áreas rurais, especialmente em assentamentos beneficiários da reforma agrária, criados via longos processos de luta pela terra. Nos novos cursos as atividades acadêmicas são desenvolvidas com calendários escolares específicos, que leva em conta a realidade de origem dos alunos, entre outras, época de plantio e de colheita. No estudo de caso realizado foram entrevistados 10 (dez) egressos do Curso de Pedagogia para Educadores do Campo, da Unioeste, Campus de Francisco Beltrão, e 31 (trinta e um) graduandos que frequentam o Curso de Pedagogia para Educadores do Campo, na mesma Universidade, no Campus de Cascavel, Paraná, no período de março de 2009 a abril de 2010. As análises da investigação levaram a conclusão de que os alunos têm consciência da necessidade da formação superior universitária como instrumento fundamental para a melhoria das condições de sobrevivência nos acampamentos, assentamentos, bem com a ampliação da capacidade de gerir suas próprias vidas.

Abstract: The central goal of the thesis is to understand the significance of university higher education for members of social movements of the field from the characteristics assigned by them to this training. For both, examines the relationship of social movements and universities and how pupils from social movements relate to production of knowledge at the University. The thesis presents an overview of the framework for such courses offering courses in Brazil today and makes a case study on the course of Pedagogy for educators in the field of Universidade Estadual do Oeste do Paraná-Unioeste/Incra/MST. The process of investigation identified an increase in offering courses in Pedagogy for educators and Undergraduate education field, as part of the changes in higher education University in the last decade. Currently, thirteen national universities offer these courses. They seek the specificities of culture of the field, constitute a pedagogical renewal front to Rural Education advocated hitherto and maintained by the State. The new courses proposed trials which recreate the knowledge considering knowledge built collectively by social movements. The ultimate goal of them is to train teachers to act on schools of rural areas, especially in agrarian reform beneficiaries settlements, created via long processes of struggle for land. In the new courses are academic activities developed with specific school calendars, which takes into account the reality of origin of students, among others, the time of planting and harvesting. In the case study conducted were interviewed 10 (ten) graduates of the course of Pedagogy for educators in the field, Unioeste, Campus de Francisco Beltrão, and 31 (thirty-one) undergraduates who attend the course in Pedagogy for educators in the field, in the same University, on the Campus of Cascavel, Paraná, in the period March 2009 to April 2010. The analyses of research led to the conclusion that the student is aware of the need of university higher education as a fundamental instrument for the improvement of living conditions in camps, settlements, and with the expansion of the ability to manage their own lives.
Subject: Educadores - Formação
Educação rural
Universidades e faculdades
Ação coletiva
Movimentos sociais
Trabalhadores rurais
Projeto político-pedagógico
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Zancanella_Yolanda_D.pdf2.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.