Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/250969
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: O tempo e suas medições
Title Alternative: Time and its measurements
Author: Longo, Conceição Aparecida Cruz, 1966-
Advisor: Lorenzato, Sergio, 1936-
Abstract: Resumo: O tempo é, provavelmente, uma das grandezas mais presentes no cotidiano. Este trabalho teve como objetivo principal o estudo das possíveis relações existentes entre os conhecimentos dos alunos do 6º ano do Ensino Fundamental e as propostas de ensino a respeito do tempo e suas medições. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa realizada com 35 alunos do 6º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública do Município de Paulínia/SP. Para tanto, os primeiros dados foram coletados a partir das respostas a duas questões sobre o que é tempo e qual a importância de medi-lo. Em seguida, os alunos produziram desenhos motivados apenas pela palavra "tempo". Os desenhos foram posteriormente agrupados em categorias, e um vídeo foi elaborado com eles a fim de socializar essas produções, além de despertar e aguçar a curiosidade de cada um deles sobre o tema. Os alunos assistiram ao vídeo e anotaram seus questionamentos, curiosidades, comentários ou dúvidas que os desenhos provocaram, possibilitando um momento de interação entre "o que eu sei, o que ele sabe e o que nós sabemos". Também foram consideradas as propostas sobre o ensino do tempo e suas medições apresentadas em seis livros didáticos de Matemática do 6º ano do Ensino Fundamental, bem como os Parâmetros Curriculares Nacionais de Matemática. Os eixos de análise foram os conhecimentos mobilizados pelos alunos sobre o tempo (e suas medições) e as propostas de ensino sobre o tempo (e suas medições). Este estudo mostrou indícios de que o conhecimento dos alunos está além daqueles propostos nos Parâmetros Curriculares Nacionais e em alguns Livros Didáticos de Matemática, e que é possível considerar as diversas e complexas relações - mesmo que conflitantes - desses conhecimentos na elaboração de materiais destinados ao ensino do educando. Além disso, este estudo sugere aos educadores alguns questionamentos para reflexão, tais como: Já que o tempo e suas medições estão presentes no cotidiano de todos, eles não deveriam também merecer um tratamento mais amplo nas escolas? Ou como reduzir a aritmetização e enfatizar o estudo das questões que os alunos manifestaram interesse? Ou, ainda, será que nossas escolas não merecem "Novos Tempos"?

Abstract: Time is, probably, one of the greatnesses that is more present in everyday life. The main objective of this work is to study the possible links between the knowledge of 6th grade primary education students and the teaching proposals regarding time and its measurements. This is a qualitative research conducted with 35 students of the 6th grade of a public school in the city of Paulínia/SP. The first data was collected from the answers to two questions about what time is and what is the importance of measuring it. Then the students produced drawings motivated only by the word "time". The drawings were later grouped into categories and from them a video was prepared with the objective of, in addition to socializing these productions, awaken and sharpen the curiosity of each student about the subject. The students watched the video and noted their questions, trivia, comments or doubts that the drawings caused, allowing a moment of interaction between "what I know, what he knows and what we know". It was also considered proposals about the teaching of time and its measurements presented in six mathematics textbooks from the 6th grade of primary education, as well as the National curricular parameters of Mathematics. The axis of analysis were the knowledge mobilized by the students about time (and its measurements) and the teaching proposals about time (and its measurements). This study showed evidence that the students' knowledge is beyond those proposed in the National curricular parameters and in some mathematics textbooks, and that it is possible to consider the various and complex relationships - even if there is a conflict - of this knowledge in the development of materials destined to the teaching of students. In addition, this study suggests to educators some questions for reflection, such as: since time and its measurements is present in everyone's daily life, shouldn't it also deserve a broader treatment in schools? Or, how to reduce the arithmetization and emphasize the study of issues that students expressed interest? Or, don't our schools deserve "New Times"?
Subject: Tempo
Medição
Matemática
Ensino e aprendizagem
Educação matemática
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Longo_ConceicaoAparecidaCruz_M.pdf36.37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.