Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/250829
Type: TESE
Title: A reformulação das Licenciaturas da Unicamp no ano de 2003 : uma visão institucional
Title Alternative: The reformulation of the Licentiateship of Unicamp in 2003 : an institutional overview
Author: Duarte, Tatiana Carvalho, 1985-
Advisor: Malavasi, Maria Marcia Sigrist, 1957-
Abstract: Resumo: Essa pesquisa analisa a alteração na redação do artigo 8º do Regimento Geral da UNICAMP (Deliberação Consu-A-35/2003) que ocorreu no ano de 2003, em que os Institutos e Faculdades assumiram a responsabilidade acadêmica e administrativa de suas respectivas Licenciaturas, retirando assim aqueles cursos da responsabilidade exclusiva da Faculdade de Educação (FE). O objetivo central é analisar o processo de reformulação identificando as implicações dessa mudança nos cursos de formação de professores da UNICAMP. Na busca de alcançar os objetivos propostos por este estudo utilizou-se da metodologia qualitativa de pesquisa e optou pela análise de documentos legais e elaborados naquele período e entrevistas semiestruturadas. No total foram realizadas (28) vinte e oito entrevistas, no ano de 2012, com professores, ex-Coordenadores de Curso, atuais Coordenadores de Curso, representantes da Faculdade de Educação, da Subcomissão Permanente de Formação de Professores (SPFP) e da Pró-Reitoria de Graduação (PRG). Os resultados da pesquisa indicam que tímidos avanços foram alcançados, entretanto, alguns problemas surgiram e outros persistiram nos cursos de formação de professores após a reformulação. As melhorias mais significativas remetem-se às novas configurações curriculares. O fato de os Institutos/Faculdades terem assumido algumas disciplinas e, sobretudo, disciplinas de estágio escolar, componente curricular ministrado, anteriormente, apenas pela Faculdade de Educação, foi considerado um avanço. Dentre as dificuldades, após a reformulação de 2003, os cursos de Licenciatura se depararam com um novo problema: a falta de professores ligados ao ensino. Há necessidade de contratação de professores ligados à Educação para atuarem nas Licenciaturas. A análise dos dados permite afirmar que a maioria dos docentes que lecionam nos cursos de formação de professores da UNICAMP vem de áreas específicas e não possuem nenhuma formação na área de Educação. Mesmo reconhecendo o importante papel da universidade no desenvolvimento da sociedade e especialmente na melhoria da qualidade da educação, há pouca atenção dedicada aos cursos formadores de professores na UNICAMP. Somado a essas problemáticas, o cenário dos cursos de Licenciatura traz grandes discussões que ultrapassam as dificuldades institucionais. Nesse quadro da formação de professores como profissão, há uma latente insatisfação e desinteresse por uma carreira profissional de baixo prestígio no mercado de trabalho, com aviltante remuneração e muitas vezes, péssimas condições de trabalho.

Abstract: This research analyzes the change in the wording of Article 8 of the General Rules of UNICAMP (Deliberation Consu-A-35/2003) that occurred in 2003, in which the Institutes and Faculties took the academic and administrative responsibility of their respective Licentiateship, withdrawing so those courses the responsibility of the Faculty of Education (FE).The main objective is to analyze the reshaping process identifying the implications of this change in training courses for teachers of UNICAMP. Seeking to achieve the objectives proposed by this study it was used qualitative methods of research and opted for analysis of drafted and legal documents that period and semistructured interviews. In total were performed (28) twenty-eight interviews, in the year 2012, with teachers, former Course Coordinators, current Course Coordinators, representatives of the Faculty of Education, the Permanent Subcommittee for Teacher Training (PSTT) and Pro Rector of Graduation (PRG). The survey results indicate that timid advances have been achieved, however, some problems arose and persisted in others training courses for teachers after the makeover. Significant enhancements refer to the new curricular settings. The fact Institutes / Faculties have taken some courses, and especially, disciplines of stage school, curriculum component taught, previously, only for the Faculty of Education, was considered a breakthrough. Among the difficulties after the 2003 redesign, the Licentiateship faced with a new problem: a lack of teachers involved in teaching. There is need to hire teachers linked to Education to act at Licentiateship. Data analysis allows us to affirm that the majority of teachers who teach courses in teacher training UNICAMP comes from specific areas and have no training in the area of Education. While recognizing the important duty of the university in the development of society and especially in improving the quality of education, there is little attention paid to teacher training courses at UNICAMP. Added to these problems, the scenario of Licentiateship courses brings great discussions that go beyond the institutional difficulties. In the context of teacher education as a profession, there is a latent dissatisfaction and disinterest in a career of low status in the labor market, with demeaning pay and often poor working conditions.
Subject: Licenciatura
Formação de professores
Reformulação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Duarte_TatianaCarvalho_M.pdf1.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.