Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/250820
Type: TESE
Title: De casa para o trabalho, do trabalho para casa : trajetórias de emprego e desemprego de mulheres em São Paulo
Title Alternative: From home to work, from work to home : women's employment and unemployment trajectories in São Paulo
Author: Briguglio, Bianca, 1982-
Advisor: Souza, Aparecida Neri de, 1952-
Abstract: Resumo: A pesquisa tem por objetivo realizar uma comparação entre homens e mulheres que concluíram o curso de qualificação profissional em Confeitaria Básica, em 2011, observando como se articulam as relações entre trabalho, educação, qualificação profissional e arranjos familiares nas experiências de cada um, a partir de um enfoque nas desigualdades de gênero. O trabalho aborda o debate teórico sobre qualificação profissional e trabalho informal e precário, assim como a relação entre essas formas de trabalho e a família, pensada em sua dimensão de classe social. A análise proposta compreende, metodologicamente, duas categorias sociológicas: relações sociais de sexo, tomando como referência Daniele Kergoat e Helena Hirata; e configuração, construída por Norbert Elias. Apesar da condição de classe social aproximar homens e mulheres que vivenciam a realidade do trabalho precário, informal, instável e a marginalidade em relação aos direitos sociais e garantias trabalhistas, as mulheres experimentam outras formas de opressão e exclusão no mundo do trabalho, as quais só podem ser apreendidas a partir de uma perspectiva de gênero, considerando-se a rede de relações que envolvem o trabalho, a família e a educação.

Abstract: The research's objective is to compare men and women that have ended the professional qualification course of Basic Confectionery, in 2011, observing how the relations between work, education, professional qualification and family arrangements are articulated in each one's experience, from a gender inequality focus. The dissertation discusses the theoretical debate about professional qualification and informal and precarious forms of work, as the relation between these forms of work and family, in its social class dimension. The proposed analysis comprehend, methodologically, two sociological categories: sex social relations, taking Daniele Kergoat and Helena Hirata as references; and configuration, built by Norbert Elias. Even though the social class condition brings closer men and women who live the reality of the precarious, informal, instable work and the marginality regarding social rights and work guarantees, women experiment other forms of oppression and exclusion of the labor world, that can only be apprehended from a gender perspective, considering the relation's net that involve work, family and education.
Subject: Qualificação profissional
Trabalho
Divisão do trabalho por sexo
Relações de gênero
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Briguglio_Bianca_M.pdf1.1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.