Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/250811
Type: TESE
Title: Leitura sobre ressonância magnética nuclear em aulas de física do ensino médio
Title Alternative: Reading about nuclear magnetic resonance in high school physics classes
Author: Silva, André Coelho da, 1989-
Advisor: Almeida, Maria José P. M. de (Maria José Pereira Monteiro de), 1944-
Almeida, Maria José Pereira Monteiro de, 1944-
Abstract: Resumo: Buscando alternativas de como apresentar elementos culturais da física relacionados a aspectos do mundo material, de como aproximar o ensino de física a assuntos que possam vir a ampliar a participação dos estudantes em sala de aula e de como apresentar elementos da física por meio de estratégias de ensino alternativas àquela pautada quase que exclusivamente no uso do formalismo matemático, tive como objetivo compreender o funcionamento de uma leitura de divulgação científica sobre ressonância magnética no Ensino Médio. Associada a esse objetivo, minha questão de estudo foi: como estudantes do Ensino Médio produzem sentidos a partir de uma leitura de divulgação científica sobre o que é e como é aplicada a ressonância magnética nuclear? Para responder a essa questão, trabalhei um texto de divulgação científica sobre ressonância magnética com três turmas do segundo ano do Ensino Médio de uma escola pública das quais eu era o professor de física. As informações foram coletadas junto aos estudantes por meio de dois questionários - um aplicado durante a leitura do texto e outro após minha mediação enquanto professor - e de quatro entrevistas. Para analisá-las tomei como apoio noções presentes em obras de Eni Orlandi, filiada à Análise de Discurso em sua vertente originada por Michel Pêcheux. As análises indicaram: que a leitura de textos de divulgação científica e a utilização de questionários formulados com questões abertas podem favorecer o surgimento de discussões não restritas aos conteúdos formais da física e aos assuntos abordados no texto; que embora o assunto os agradasse, os estudantes tiveram muitas dificuldades na leitura, havendo certa recusa em realizá-la e em escrever sobre o tema lido - especialmente devido à extensão e à densidade conceitual do texto; que houve predomínio de repetições empíricas (cópias mnemônicas de trechos do texto) ou de repetições formais (o "dizer com suas palavras") sucintas e/ou superficiais nas respostas ao primeiro questionário; que houve predomínio de repetições formais com maiores níveis de profundidade e de embasamento nas respostas ao segundo questionário, sendo recorrente a materialização de trechos da mediação; e que os estudantes, em geral, preferiram destacar como conhecimento apreendido a partir da sequência de ensino elementos que dizem respeito a aplicações e a utilidades práticas. Nesse sentido, as análises parecem indicar a importância da mediação do professor, a urgência em se trabalhar a leitura sobre ciência na escola e o valor atribuído pelos jovens ao estudo de tópicos cuja utilidade é explicitada.

Abstract: Seeking alternatives of how to present cultural elements of physics related to aspects of the material world, of how to approach physics education of issues that may increase the participation of students in the classroom and of how to present elements of physics through educational strategies alternatives to that guided almost exclusively by the use of the mathematical formalism, I had as goal to understand the working of a scientific divulgence reading about magnetic resonance in High School. Associated with this goal, my study question was: how High School students produce meanings from a scientific divulgence reading about what is the magnetic resonance and how it is applied? To answer this question, I worked a scientific divulgence text about magnetic resonance with three classes of the second year of High School at a public school of which I was a physics teacher. The information was collected from the students through two questionnaires - one applied during the reading of the text and another after my mediation as the teacher - and four interviews. To analyze them I took as support notions presented by Eni Orlandi, who is affiliated to Discourse Analysis in your part originated by Michel Pêcheux. Analysis indicated: that the reading of scientific divulgence texts and the use of questionnaires formulated with open questions may favor the emergence of discussions that are not restricted to the formal content of physics and to the issues discussed in the text; that although the topic interested the students, they had many difficulties in reading, having certain refusal to perform it and write about the subject read - especially due to the extent and conceptual density of the text; that there was predominance of empirical repetitions (mnemonic copies of excerpts of the text) or brief and/or superficial formal repetitions (the "say with your words") in the answers to the first questionnaire; that there was predominance of formal repetitions with higher levels of depth and basement in the answers to the second questionnaire, being recurrent the materialization of excerpts of the mediation; and that the students, in general, chose to highlight how apprehended knowledge from the teaching sequence elements that relate to applications and practical utilities. In this sense, the analysis seem to indicate the importance of the teacher mediation, the urgency to work the reading about science in school and the value assigned by the youth to the study of topics whose usefulness is made explicit.
Subject: Ressonância magnética
Leitura
Mediação
Divulgação científica
Ensino médio
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_AndreCoelhoda_M.pdf6.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.