Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/250787
Type: TESE
Title: Concepções de ciência presentes na divulgação e prática de instituições não formais de ensino de ciências
Title Alternative: Conceptions of science present in the dissemination and practice of non-formal science education instutions
Author: Aragão, Thayse Zambon Barbosa, 1989-
Advisor: Figueirôa, Silvia Fernanda de Mendonça, 1959-
Abstract: Esse trabalho tem como objetivo apresentar quais concepções de ciência estão presentes no discurso e prática de instituições de educação não formal. Para tanto investigaram-se quatro importantes instituições brasileiras integrantes deste universo, escolhidas a partir de indicações de seus pares: Museu da Vida (RJ), Espaço Ciência (PE), Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS (RS) e Estação Ciência (SP). Foram analisados os sites dessas instituições, utilizando-se como metodologia a análise de conteúdo, bem como suas exposições, utilizando-se categorias definidas a posteriori, quais sejam: Interatividade (hands-on, minds-on, hearts-on), Tipo de Representação científica (fiel à natureza, objetividade mecânica, avaliação instruída) e Tipos de Display (objeto, painel 2D e 3D, monitoria). Tais categorias foram criadas a partir de ampla bibliografia acerca de Museografia e Sociologia da ciência, especialmente. Os resultados apresentam as tendências das instituições estudadas quanto às concepções de ciência que trazem em seus sites e exposições. Foram ainda utilizadas para classificação as categorias Tradicional racionalista, Tradicional empirista e Construtivista a fim de facilitar comparações entre as instituições. Por fim, as conclusões apontam a necessidade das instituições de educação não formal estarem mais conscientes da importância das concepções de ciência presentes no ensino e na divulgação da ciência.
This work aims to present the conceptions of science present in the discourse and practice of non-formal education institutions. Four important Brazilian institutions were investigated: Museu da Vida (RJ), Espaço Ciência (PE), Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS (RS) and Estação Ciência (SP). We analyzed the websites of these institutions, using content analysis as a methodology, and its exhibitions using categories defined a posteriori: Interactivity (hands-on, minds-on, hearts-on), Representation (true to nature, mechanical objectivity, trained judgment) and Display Types (object, panel 2D and 3D, monitor required). These categories were created based on the extensive literature on museology and sociology of science especially. The results show the trends of the institutions studied regarding the conceptions of science present in their websites and exhibitions, namely: Traditional Rationalist, Traditional Empiricist, and Constructivist. Finally, the findings suggest the need for non-formal education institutions to be more aware of the importance of the conceptions of science teaching and dissemination of science
Subject: Ciência - Museus
Educação não-formal
Ciência - Estudo e ensino
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Aragao_ThayseZambonBarbosa_M.pdf9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.