Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/250711
Type: TESE
Title: Direito à creche : um estudo das lutas das mulheres operárias no município de Santo André
Title Alternative: Right to daycare center : a study of struggles of working class womens in Santo Andre city
Author: Schifino, Reny Scifoni, 1961-
Advisor: Faria, Ana Lúcia Goulart de, 1951-
Abstract: Resumo: Este estudo teve por objetivo investigar a luta atual pelo direito das mulheres operárias e suas crianças à creche pública de Santo André, município do Grande ABC do estado de São Paulo. Luta cuja trajetória ganha destaque com a efervescência dos movimentos social e sindical, nas décadas de 1970 e 1980, no Brasil. Para tanto, utilizou-se de levantamento bibliográfico, análise documental e entrevistas com mães operárias que têm filhos e filhas matriculadas em uma das creches da rede pública deste município. A analise dos dados mostrou que as mães defendem, lutam, para além de seus direitos trabalhistas uma vez que fica explícita a busca por educação pública, gratuita e de qualidade, o que desconstrói o discurso recorrente de que as famílias das camadas populares buscam as creches única e exclusivamente enquanto local de guarda e assistência para suas crianças. Demonstra, ainda, que as mesmas valorizam a presença de profissionais especializadas e o fato de seus filhos e filhas conviverem em um espaço coletivo de educação complementar a família, criando condições para a produção das culturas infantis.

Abstract: This study aimed to investigate the current struggle for the rights of working class womens and their children for day care center of Santo André, a city in the "Grande ABC", in the State of São Paulo. A struggle whose trajectory stands out with in the effervescence of social and union movements, in the 1970s and 1980s in Brazil. For this purpose, we used a literature review, document analysis and interviews with working class mothers, who have sons and daughters registered in public daycare centers in this municipality. The data analysis showed that mothers defend, fight, beyond their labor rights, highlighting their the search for public, high quality free, basic education, which deconstructs the recurrent discourse that the working class families look for day care center exclusively as a place of custody and care for their children. The research also shows that they value the presence of specialized professionals and the fact that their children live together in a collective education space, complementary to the family by creating conditions for the production of child cultures.
Subject: Creches
Movimentos sociais
Mães
Relações de gênero
Feminismo
Santo Andre(SP) - História
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FE - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Schifino_RenyScifoni_M.pdf7.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.