Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/244506
Type: TESE DIGITAL
Title: Efeitos de dois protocolos de adaptação ao meio líquido com intensidades diferentes sobre os parâmetros fisiológicos, de desempenho e padrão de nado de ratos Wistar
Title Alternative: Effects of two protocols adaptation of water with different intensities on the physiological parameters, performance and Wistar rat swimming standard
Author: Lima, Adriano Alves de, 1986-
Advisor: Gobatto, Fúlvia de Barros Manchado, 1980-
Abstract: Resumo: Esse estudo tem como objetivo analisar os efeitos de dois protocolos de adaptação ao meio líquido com intensidades sub e supra limiar anaeróbio sobre parâmetros fisiológicos, de desempenho e padrão de nado de ratos Wistar. Foram utilizados 108 ratos Wistar, sendo 12 animais compondo o grupo de base e 96 animais divididos em 6 grupos (dois controle e quatro experimentais). Os grupos controle 1 e 2 (GC1 e GC2, respectivamente), não foram adaptados ao meio líquido e foram submetidos a uma avaliação aeróbia/anaeróbia (teste de lactato mínimo - TLM) em momentos distintos, sendo o GC1 realizado o TLM apenas a0s 90 dias, enquanto o GC2 aos 77 e 90 dias. Nos grupos experimentais (n=16 por grupo), foram aplicadas intensidades abaixo e acima do limiar anaeróbio (Sub-Lan e Supra-Lan, respectivamente) no período de adaptação ao meio líquido, sendo que os grupos Supra-Lan2 e Sub-Lan2 realizaram o TLM no momento pré e pós adaptação, enquanto os grupos Supra-Lan1 e Sub-Lan1 apenas no momento pós adaptação (90 dias). A adaptação ao meio líquido foi composta de 14 dias ininterruptos, tendo início com água rasas e posteriormente no quarto dia em água profunda. Os protocolos se diferenciaram a partir do 10o dia, onde o grupo Sub-Lan se caracteriza pelo aumento do volume da sessão e manutenção da intensidade, enquanto o grupo Supra-Lan se caracteriza pelo aumento progressivo da intensidade e manutenção do volume. Foram avaliados o percentual de sucesso do TLM, tempo limite (Tlim-parâmetro anaeróbio) e tempo total do teste (TT-parâmetro aeróbio). O padrão de nado em fuga foi analisado por meio de filmagem, sendo a prevalência do mesmo analisada do 4° ao 14° dia de adaptação. Os conteúdos de glicogênio muscular e hepático, além das concentrações séricas de creatina quinase (CK), foram analisados aos 77 dias, imediatamente o TLM aos 90 dias e 24 horas após o mesmo teste no mesmo período. Os animais Sub-Lan apresentaram maior delta positivo em relação ao percentual de sucesso no TLM (77 dias-20% e 90 dias-60%). Ambos os protocolos apresentaram diminuição na prevalência do nado em fuga após o 6° dia (P?0,01), com prevalência de um padrão de nado contínuo. Não houve supercompensação nos conteúdos de glicogênio muscular e hepático, bem como as concentrações séricas de CK. O estudo conclui que, a adaptação ao meio líquido previamente a procedimentos experimentais em ratos nadadores, deve ser estruturada e aplicada de forma individualizada, levando em consideração também os protocolos de treinamento ou exercício agudo que posteriormente será aplicado aos animais, uma vez que a sua não realização possa sugestivamente mascarar os resultados provenientes desses procedimentos

Abstract: This study aims to analyze the effects of two protocols to adapt to the water with different intensities on physiological parameters, performance and standard of swimming Wistar rats. 108 animals were used, with 12 animals as base line and 96 animals divided into 6 groups (two control and four experimental). Control groups 1 and 2 (GC1 and GC2 respectively), were not adapted to liquid medium and underwent an aerobic evaluation / anaerobic (lactate minimum test - TLM) only at 90 days of age (GC1) and at 77 days and 90 days (GC2), the experimental experimental groups (n = 16 per group), intensities were applied below and above the anaerobic threshold (Sub-Lan and Supra-Lan, respectively) in the period of adaptation to the water. The lactate minimum test (LMT) was applied to 77 and 90 days, analyzing their success rate, time limit (anaerobic Tlim-parameter) and total test time (TT-parameter aerobic). The standard swimming trail was analyzed by means of filming, and the prevalence of the same examined the 4th to 14th day adaptation. The muscle and liver glycogen content, addition of serum creatine kinase (CK) were analyzed after 77 days immediately NER at 90 days and 24 hrs after the same test in the same period. Sub-Lan animals showed higher positive delta compared to the success rate in TLM (77 days-20% and 90 days-60%). Both protocols showed a decrease in the prevalence of swimming on the run after the 6th day (P? 0,01). No differences were displayed in the muscle and liver glycogen content as well as the serious concentrations of CK. The study concludes that adaptation to the liquid medium prior to experimental procedures in rats swimmers, it must be structured and applied individually, since their nonfulfillment can suggestively mask the results from these procedures. In addition, our results showed that both protocols showed favorable results when performance, physiological parameters and swimming profile, however, suggest that the Sub-LAN protocol should be adopted, because the animals are subjected to possibly generate an intensity stress frame
Subject: Adaptação (Fisiologia)
Aptidão física - Testes
Natação animal
Rato como animal de laboratorio
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_AdrianoAlvesde_M.pdf2.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.