Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/244494
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Distribuição de retorno do investimento no capital intelectual : um estudo em empresas de capital intensivo no Brasil entre 1998 e 2012
Title Alternative: Distribution of return on investment in intellectual capital : a study in capital-intensive companies in Brazil between 1998 and 2012
Author: Oliveira, Silas Ferreira Reis de, 1991-
Advisor: Poker, Johan Hendrik, 1974-
Abstract: Resumo: As organizações na atualidade necessitam ser eficientes no investimento e gestão dos recursos internos estratégicos para serem competitivas no contexto da globalização. Um dos recursos organizacionais é o capital intelectual, que pode ser entendido como a somatória do conhecimento na organização que agrega valor, e que segundo alguns autores é composto pelo capital humano, estrutural e relacional. Assim é importante a sua mensuração, uma vez que é um recurso que pode ser aprimorado, propiciando melhor retorno pelo seu investimento. No estudo foi utilizado para mensuração do capital intelectual o modelo VAIC¿ que utiliza dados contábeis para a mensuração da eficiência do capital intelectual na criação de valor. A pesquisa teve como objetivo geral estimar a distribuição de retorno na margem de criação de valor do investimento nos componentes do capital intelectual na base amostral empregada. Para avaliar a margem de criação de valor foi utilizada a diferença entre o ROIC e o WACC. Foram utilizados na pesquisa dados disponibilizados no Balanço Social IBASE, no demonstrativo de valor adicionado (DVA) e na base Thomson Reuters, em uma observação não balanceada entre 1998 e 2012 sobre 48 empresas em sua maioria de capital intensiva no Brasil. No estudo foi utilizada a técnica da regressão multivariada de dados em painel para avaliar a influência do investimento no capital intelectual em retorno na margem de criação de valor para a base amostral. Também o estudo utilizou a Simulação de Monte Carlo para extrapolar a distribuição dos componentes do capital intelectual. Como resultado foi possível concluir que as empresas da base amostral têm a possibilidade de aumentar a margem em criação de valor, ou seja, a margem entre o ROIC e o WACC, através do investimento no capital humano. Isso ocorre porque há um melhor retorno pelo investimento nas pessoas da organização (HCE), do que o investimento no capital estrutural (SCE) na base amostral. Também foi obtido como resultado no estudo, ao empregar a simulação de Monte Carlo, uma probabilidade de 38,99% de o retorno do investimento no capital intelectual ser negativo. Dessa maneira é importante para as empresas a aplicação de técnicas de controle, como programas de melhoria contínua da qualidade, objetivando reduzir o risco do investimento no capital intelectual sobre a criação de valor. Esta pesquisa pode ser considerada como um estudo inicial sobre o uso de modelos de pesquisa operacional para mensuração de capital intelectual no Brasil

Abstract: Organizations nowadays need to be efficient in investment and management of strategic internal resources to be competitive in the context of globalization. One of organizational resources is the intellectual capital that can be understood as the sum of knowledge in the organization that aggregate value, and according to some authors is composed of human, structural and relational capital. Therefore it is important its mensuration, because it is a resource that can be improved, providing better return for its investment. In study was used the VAIC¿ model to measure the intellectual capital, that uses accounting data to measure the efficiency of intellectual capital in creating value. The research had as main objective to estimate the distribution of return in margin of value creation on investment in the components of intellectual capital on the employed sample basis. To assess the value creation margin was used the difference between ROIC and WACC. Were used in the research data available on the IBASE Social Balance, the value added statement (DVA) and Thomson Reuters base, in an unbalanced observation between 1998 and 2012 about 48 companies mostly capital intensive in Brazil. In the study was used the technique of multivariate regression analysis of panel data to evaluate the influence of investment in intellectual capital of return on margin of value creation for the employed sample basis. Also the study used the Monte Carlo Simulation to extrapolate the distribution of the components of intellectual capital. As a result it was concluded that the companies in the sample basis have the possibility to increase the margin on value creation, in other words, the margin between ROIC and WACC by investing in human capital. This happen because there is a better return by investing in people of organization (HCE), than investing in structural capital (SCE) on the sample basis. It was also obtained as a result of the study, by employing a Monte Carlo simulation, a probability of 38.99% of the return on investment in intellectual capital be negative. Thus, is important for companies to apply control techniques, such as continuous quality improvement programs aimed to reducing the risk of investment in intellectual capital on value creation. This research can be considered as an initial study on the use of operational research models to measure intellectual capital in Brazil
Subject: Capital intelectual
Capital humano
Investimentos - Avaliação
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCA - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_SilasFerreiraReisde_M.pdf1.43 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.