Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/244480
Type: TESE
Title: Efeitos da suplementação com suco de romã sobre parâmetros de estresse oxidativo induzidos por natação exaustiva em ratos
Title Alternative: Effects of suplementation with pomegranate juice about parameters from oxidative stress induced by exhaustive swimming in rats
Author: Carmo, Mônica Cristina Lopes, 1989-
Advisor: Bezerra, Rosangela Maria Neves, 1957-
Bezerra, Rosangela Maria Neves
Abstract: Resumo: O objetivo geral desta pesquisa foi avaliar o efeito da suplementação com o extrato etanólico de polpa da Romã (Punica granatum L.) na resposta antioxidante em ratos submetidos a exercício físico até a exaustão. Foram utilizados 39 ratos Wistar, machos, com 4 meses de vida e massa corporal de 404,32 ± 18,17g. Os animais foram divididos em 4 grupos: CTL - 9 ratos não suplementados e não participantes do teste de exaustão; DI - 10 ratos pré-suplementados durante 21 dias com o extrato etanólico de polpa de romã na dose de 0,875 mmol de polifenóis/dia e submetidos a um teste de exaustão; DII - 10 ratos submetidos às mesmas condições que DI, porém recebendo a pré-suplementação na dose de 1,75 mmol de polifenóis/dia; NAT - 10 ratos submetidos ao mesmo protocolo que DI e DII, entretanto não suplementados. Os grupos DI, DII e NAT realizaram uma sessão aguda de natação até a exaustão. Foi observado que os animais suplementados conseguiram nadar por mais tempo que os animais que não receberam o extrato de polpa de romã; o grupo DI apresentou um aumento de 86,55% e DII de 64,86% em relação ao tempo de natação do grupo NAT. A suplementação proporcionou a diminuição dos valores de MDA e H2O2 no plasma e no gastrocnêmio. A atividade das enzimas antioxidantes CAT, SOD, GR e GST no grupo DI e DII se mostraram reduzidas no tecido hepático quando comparados ao NAT. Verificou-se que, o extrato preparado a partir da fruta de cultivo doméstico apresentou valores mais elevados de atividade antioxidante que a fruta de escala comercial avaliada pelos métodos de ORAC (60,77 + 3,656 µmol Trolox/g polpa de romã liofilizada ¿ fruta de escala comercial, 68,78 + 4,940 µmol Trolox/g polpa de romã liofilizada ¿ fruta de cultivo doméstico), fenólicos totais (8,123 + 0,225 mg de eq. Ácido Gálico/g de polpa de romã liofilizada ¿ fruta de cultivo doméstico, 6,815 + 0,121 mg de eq. Ácido Gálico/g de polpa de romã liofilizada ¿ fruta de escala comercial) e por ABTS+ (31,786 + 0,326 µmol Trolox /g polpa de romã liofilizada ¿ fruta de escala comercial, 43,151 + 0,652 µmol Trolox /g polpa de romã liofilizada ¿ fruta de cultivo doméstico). A partir dos achados podemos concluir que a suplementação com o extrato de romã propiciou melhora no desempenho físico (tempo de natação) e favoreceu a proteção contra o excessivo ataque oxidativo. Os compostos bioativos da romã desempenharam um papel antioxidante

Abstract: The overall objective of this research was to evaluate the effect of supplementation with ethanol extract of pulp of pomegranate (Punica granatum L.) in antioxidant response in rats submitted to exercise until exhaustion. Were used 39 male Wistar rats, 4 months of age and body weight of 404,32 ± 18,17 g. The animals were divided into 4 groups: CTL - 9 rats not supplemented and not participants of the exhaustion test , DI - 10 rats pre-supplemented for 21 days with the ethanol extract of pomegranate pulp at a dose of 0,875 mmol of polyphenols/day and subjected to a test of exhaustion; DII - 10 rats subjected to the same conditions DI, but getting the pre-supplementation at a dose of 1,75 mmol of polyphenols/day; NAT - 10 rats submitted the same protocol that DI and DII , however not supplemented. The groups DI, DII and NAT performed a session of swimming acute until exhaustion. It was observed that the supplemented animals could swim longer than animals that did not receive the extract of pomegranate pulp , the DI group showed an increase of 86,55 % and DII of 64,86 % in relation with time swimming of group NAT . The supplementation decreased the levels of MDA and H2O2 in plasma and gastrocnemius. The activity of antioxidant enzymes CAT, SOD, GR and GST in groups DI and DII showed reduced in liver when compared to NAT. It was found that the extract prepared from the fruit of domestic cultivation had higher values of the antioxidant activity that the fruit commercial scale assessed by methods ORAC (60,77 + 3,656 µmol Trolox/g of lyophilized pulp pomegranate - fruit commercial scale; 68,78 + 4,940 µmol Trolox/g lyophilized pulp pomegranate - fruit of domestic cultivation), total phenolics (8,123 + 0,225 mg of eq. Gallic Acid/g lyophilized pulp pomegranate - fruit of domestic cultivation; 6,815 + 0,121 mg eq Gallic Acid/g lyophilized pulp pomegranate - fruit commercial scale) and ABTS+ (31,786 + 0,326 940 µmol Trolox/g lyophilized pulp pomegranate - fruit commercial scale; 43,151 + 0,652 940 µmol Trolox/g lyophilized pulp pomegranate - fruit of domestic cultivation). From the findings we can conclude that supplementation with pomegranate extract showed an improvement in physical performance (swimming time) and favored the protection against excessive oxidative attack. The bioactive compounds of pomegranate antioxidant played a role
Subject: Suco de romã
Natação
Antioxidantes
Ratos
Estresse oxidativo
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carmo_MonicaCristinaLopes_M.pdf27.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.